Descubra os segredos do código de segurança: e-CRV

O CRV (Certificado de Registro do Veículo) está mais moderno e tornou-se digital. Confira agora como emitir o seu e-CRV e simplifique a sua vida.
e-crv

Fala, motorista, tudo tranquilo?

O e-CRV faz parte de uma série de iniciativas dos órgãos de trânsito para simplificar a vida dos motoristas. 

Com a digitalização do trânsito, documentos e informações fundamentais para os condutores podem ser acessados em poucos cliques direto da tela do seu celular.

Assim, o e-CRV chega para substituir o antigo documento físico de papel moeda e ajuda a tornar os processos de trânsito mais rápidos e menos burocráticos. 

Então, motorista, vamos ficar por dentro de tudo sobre o e-CRV? Vem com a gente!

O que é CRV do veículo?

Antes de falarmos sobre o e-CRV, vamos começar explicando o conceito do documento físico, o CRV. A sigla CRV significa Certificado de Registro do Veículo. Assim sendo, o CRV é o documento que descreve as principais características do veículo, tais como:

  • O RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores), que contém todos os detalhes do veículo;
  • Marca, cor e modelo do veículo; 
  • Nome do atual proprietário, seu endereço, CPF ou CNPJ;
  • Combustíveis com os quais se pode abastecer o veículo, ano de fabricação e categoria do veículo; 
  • Nome do antigo proprietário (se houver);
  • Local do registro e data de emissão do documento;
  • Placa e chassi do veículo.

Por isso, o CRV é emitido no momento de emplacamento do veículo e é um documento permanente, isto é, não precisa ser renovado – com exceção de processos de transferência de veículo. Aliás, é por conta disso que o CRV é popularmente conhecido como “comprovante” ou “recibo” de compra e venda de veículos.

Antes de se chamar CRV, este documento era conhecido como DUT (Documento Único de Transferência), que era intimamente ligado ao processo de transferência de veículo. Por isso, o CRV herdou esta funcionalidade.

Mas, se CRV e DUT já podem causar alguma confusão, essa sensação pode piorar quando falamos também de CRV e CRLV. Por conta da similaridade das siglas, existem muitos motoristas que confundem seus significados, que são bem diferentes.

Por isso, vamos esclarecer um pouco das diferenças entre CRV e CRLV antes de adentrarmos no tópico do CRV digital, combinado?

CRV e CRLV: quais as diferenças?

Apesar da semelhança das siglas, as diferenças entre os documentos CRV e CRLV são muitas, já que se tratam de duas coisas distintas. 

Enquanto o CRV aborda informações sobre o registro do veículo, o CRLV é o documento que atesta o licenciamento de automóveis. Ou seja, o CRLV é o documento que indica que o veículo está apto a circular nas vias públicas brasileiras. 

Desta maneira, o CRLV deve ser renovado anualmente, enquanto o CRV só precisa passar pelo processo de renovação quando a propriedade do veículo for transferida a outro condutor. Por falar na renovação do licenciamento, dê uma olhada em nosso artigo sobre o calendário do licenciamento SP 2022!

Dê uma olhada no vídeo abaixo que gravamos para resumir as principais diferenças entre CRV e CRLV:

Apesar das distinções, os dois documentos têm algo em comum: ambos ganharam versões digitais com a mesma validade do documento físico! 

Então, esclarecidos os pontos de dúvida, bora voltar a falar de CRV e entender tudo sobre sua versão digital, motorista?

O que muda com o e-CRV?

O e-CRV é a versão digital do CRV. Ou, mais precisamente, o e-CRV veio para substituir o documento físico. Depois do lançamento do modelo digital em 2021, a versão do CRV em papel moeda deixou de vigorar.

Isso significa, na prática, que os veículos produzidos após o e-CRV entrar em cena permitem que seus proprietários realizem diversos processos de forma online, como é o caso da transferência de veículos. 

Mas é importante ressaltar que para os veículos lançados anteriormente à 2021, a versão física do CRV é válida da mesma forma. Contudo, os proprietários desses veículos ainda terão que lidar com a burocracia de alguns processos, algo facilmente contornado com o e-CRV.

Por que o e-CRV é importante?

O e-CRV é fundamental para alguns processos de trânsito, tais quais:

  • Consulta das informações do veículo;
  • Verificação dos dados do proprietário do veículo;
  • Histórico de aquisição do veículo;
  • Consulta e emissão do CRLV-e (licenciamento digital);
  • Transferência de veículos online.

Este último, aliás, é um tópico que merece destaque. Afinal, com as novidades do trânsito, a transferência de veículos está cada vez mais descomplicada, já que pode ser feita de maneira totalmente digital. 

E o e-CRV é parte indispensável nesse processo, como veremos mais detalhadamente no tópico a seguir.

Transferência de veículos online

Como dito, o e-CRV está intimamente ligado com o processo de transferência de veículos. Mais do que isso, com o e-CRV é possível realizar o processo de transferência de forma totalmente online, seja pelo site do Detran ou pelo app da Carteira Digital de Trânsito.

Mas, para isso, é importante emitir o ATPV-e, versão digital do ATPV (Autorização para Transferência de Propriedade de Veículo). Esse processo pode ser feito pelo site do Detran dependendo do estado onde você mora.

Ainda assim, essa novidade tornou o processo mais simples, já que agora não há necessidade de ir à sede física do Detran ou reconhecer firma no cartório.

Entenda mais sobre o processo de transferência de veículos online com nosso artigo completinho sobre o tema!

Agora que você já viu como o e-CRV pode facilitar o processo de transferência de veículos, chegou a hora de saber como emiti-lo.

Como emitir o e-CRV?

O motorista não precisa se preocupar em solicitar ou emitir o e-CRV. Assim que comprar um veículo, lançado após 2021, é função do Serpro vincular o e-CRV ao e-CRLV do veículo.

O Serpro é o Serviço Federal de Processamento de Dados, que desenvolveu o app da CNH digital, onde o e-CRLV está disponível, através do cadastro no sistema “gov.br”.

Além disso, de acordo com o Denatran, o CRLV-e continuará sendo emitido em meio digital, mas passará a valer como CRV e CLA (Certificado de Licenciamento Anual). Assim sendo, baixar o licenciamento digital significa baixar o e-CRV.

Mas, se você só tem a versão física do CRV, saiba que você pode baixar o CRLV-e pelo código de segurança contido no CRV. Existe ainda, um jeito mais fácil de acessar a versão digital do CRLV, o jeito Gringo!

Basta baixar o app Gringo e inserir o CPF do proprietário do veículo para ter acesso ao CRLV-e, que pode ser acessado offline e até baixado em folha A4, se necessário. Confira o vídeo tutorial onde explicamos tudo isso:

Baixando o e-CRV no app da CNH digital [passo a passo]

O passo inicial é, na verdade, um pré-requisito: quitar todos os débitos envolvendo o licenciamento do veículo. Você pode fazer isso facilmente no app Gringo, além de resolver outras pendências como pagar IPVA em até 12 vezes.

Depois de regulamentada a situação do licenciamento, você deverá:

  1. Baixar o app da Carteira Nacional de Trânsito, disponível para iOS e também para Android;
  2. Efetuar o login no sistema “gov.br” ou o cadastro, caso ainda não tenha feito;
  3. Acessar a aba de “Veículos”;
  4. Informar o RENAVAM e o código de segurança do CRV;
  5. Prontinho: agora o CRLV-e já pode ser baixado e consultado, bem como CRV-e.

Agora, se você preferir consultar as informações do seu veículo sem precisar de código de segurança ou do e-CRV, saiba que pelo app Gringo você consegue ver isso e muito mais apenas pela placa do veículo. 

Para facilitar ainda mais, temos um vídeo explicando como realizar a consulta de veículo pela placa para te ajudar. Confira!

A digitalização do trânsito 

A digitalização dos processos de trânsito, como a chegada do e-CRV, estão tornando processos até então demorados e cansativos em soluções acessíveis com poucos toques na tela de um celular. 

Com os apps e versões digitais de CRV, CRLV, CNH e afins, além da tranquilidade de não ter que se preocupar em estar sempre portando documentos, o motorista tem a comodidade de resolver suas pendências sem precisar comparecer até um Detran.

E, obviamente, o amigo número um do motorista faz parte dessa revolução: com o app Gringo, você pode monitorar a situação da sua CNH constantemente, verificando a validade e até os pontos acumulados na carteira

Além disso, só com o Gringo você pode consultar o IPVA, licenciamento, pagar multas  e IPVA parcelados em até 12x e muito mais!

Os processos de trânsito estão evoluindo e se tornando cada vez mais digitais. Não vá dormir no ponto e ficar para trás, motorista!
Baixe o app Gringo e experimente uma vida mais leve e descomplicada no trânsito!

 

Fórum de discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine para receber conteúdo exclusivo

Baixe o App do Gringo

  1. Mire a câmera do celular na imagem
  2. Você vai direto para a loja de aplicativos
  3. Clique em baixar app