Confira os 4 tipos de capacete de moto e saiba como escolher!

Existem muitos tipos e modelos de capacete para moto, e cada um deles traz uma proposta diferente para o motociclista
tipos e capacete de moto

Existem muitos tipos e modelos de capacete para moto, e cada um deles traz uma proposta diferente para o motociclista

Olá, motorista!

A questão da segurança para os motociclistas vai muito além da violência no trânsito e do roubo de motos. Não podemos esquecer de que os equipamentos utilizados por eles são a sua única proteção quando acontece um acidente. Por isso é tão importante escolher bem entre os vários tipos de capacete de moto.

Esse é um item que não pode ser dispensado, e não é só porque a lei exige o seu uso. Afinal, em uma queda, os traumas na cabeça e na face são os mais graves, gerando sequelas ou até mesmo levar a pessoa a óbito.

Sendo assim, na hora de comprar um capacete, é preciso pensar além do estilo e considerar a proteção oferecida pelo produto. Você sabe como escolher esse equipamento? Continue lendo para ver o que de fato importa para tomar uma boa decisão.

 [DISTRIBUIÇÃO: SUMÁRIO]

Qual é a importância do capacete de moto?

A gente costuma escutar que os acidentes de moto são os mais comuns, que os motociclistas têm mais risco quando estão no trânsito, e coisas do tipo. Tudo isso é uma grande verdade, e uma prova são os números levantados pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet).

Segundo dados da Abramet, entre março de 2020 e julho de 2021 o SUS registrou 308 mil internações em decorrência de acidentes de trânsito no Brasil. Desse total, mais da metade eram motociclistas.

Considerando os meses de janeiro a julho de 2021, houve um recorde de casos graves de acidentes envolvendo motociclistas, um total de 71.344 hospitalizações.

Segundo o diretor científico da Abramet, o uso do capacete é essencial para minimizar a gravidade dos acidentes. O equipamento de segurança reduz os riscos de traumatismo crânio-encefálico em 66% e pode reduzir em cerca de 45% a probabilidade de morte.

O que diz a lei

Esses argumentos são suficientes para percebermos a importância de escolher bem entre os tipos de capacete de moto e usar da forma adequada. Mas também não podemos esquecer que isso é uma das responsabilidades do motociclista, assim como fazer o emplacamento de moto e manter os documentos e impostos em dia.

No dia primeiro de abril de 2022, o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) publicou mais uma resolução do Diário Oficial da União disciplinando o uso do capacete. Ela estabelece a obrigatoriedade dele tanto para o condutor quanto para o passageiro de motocicletas, motonetas, triciclos motorizados, ciclomotores e quadriciclos motorizados.

De acordo com a mesma resolução, não utilizar corretamente o capacete é passível de penalidades e medidas administrativas, conforme o que estiver previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Ou seja, além do maior risco de lesões, você ainda fica passível a multas e outras penalidades por não usar o equipamento.

Quais os principais tipos de capacete de moto existentes no mercado?

Além de muitas marcas, também encontramos vários tipos de capacete de moto no mercado. Os modelos são bem variados e conseguem atender a diferentes estilos de motociclista. Mas é importante saber escolher porque cada um pode oferecer uma proteção mais adequada em cada situação. A seguir, apresentamos as principais opções e suas características.

Capacete integral

Esse é o tipo de capacete mais comum que você vai encontrar. O modelo integral é aquele totalmente fechado, sendo que a sua única parte articulada é a viseira. Oferece uma grande segurança por manter toda a cabeça e o queixo devidamente protegidos.

É uma boa alternativa tanto para usar dentro da cidade como nas estradas. Além disso, são modelos mais seguros para quem deseja alcançar velocidades maiores. Geralmente, eles contam com sistema de ventilação para trazer um pouco mais de conforto nos dias quentes.

Capacete aberto

O capacete aberto costuma ser escolhido pelos motociclistas que desejam um pouco mais de liberdade na hora de pilotar. Isso porque ele não tem a queixeira. Sua proteção é focada no crânio, mas costumam ser equipados com viseira para garantir a proteção dos olhos contra insetos e resíduos.

Em geral, sua estrutura é mais leve e permite uma excelente ventilação. O problema é que não oferece uma proteção muito ampla em casos de acidente, pois não evitam os traumas no maxilar pela falta de proteção para o queixo. Sendo assim, não é a melhor alternativa para quem deseja alcançar velocidades mais altas.

Capacete modular

Esse tipo de capacete também pode ser chamado de híbrido ou escamoteável. É aquele modelo que tem uma queixeira articulada para ser levantada quando necessário. A viseira costuma estar acoplada a ela. Assim, quando essa parte é levantada, o rosto fica completamente descoberto.

Existem alguns modelos de capacete modular equipados com uma segunda viseira, geralmente para ser utilizada nos dias de sol. Ela pode ser acionada mesmo com a queixeira levantada, o que garante a proteção para os olhos ainda que o capacete esteja aberto.

Por causa de toda essa estrutura, esse capacete costuma ser um pouco mais pesado. Mesmo assim, é um equipamento versátil que permite pegar a estrada com um pouco mais segurança fechando por completo, ou então ter conforto térmico dentro da cidade deixando a queixeira levantada.

Capacete off-road

Existem dois tipos de capacete de moto no modelo off-road: com viseira e sem viseira. Ambas as opções são recomendadas para quem vai fazer um uso esportivo da motocicleta pegando trilhas, por exemplo.

Os modelos sem viseira geralmente são acompanhados por um óculos especial. O formato desse capacete é apropriado para oferecer uma proteção maior para a boca, o nariz e o queixo.

Os modelos com viseira são uma adaptação para atender os motociclistas que gostam de capacetes com uma pegada mais esportiva, mas precisam dessa proteção para atender a legislação sem a necessidade de usar os óculos, que não são muito práticos no meio urbano.

Qual é a diferença entre os capacetes?

Como você viu pelas características dos diferentes tipos de capacete de moto, uma das principais diferenças entre eles é o formato ou a estrutura. Cada um tem um design e recursos diferentes para atender da melhor forma as situações de uso da motocicleta.

Também vamos perceber diferenças de tamanho e nas dimensões desses capacetes. Os abertos, por exemplo, costumam ser mais compactos do que os modelos modulares e off-road. Isso também vai implicar na variação de peso desses equipamentos.

A tecnologia empregada neles, assim como os materiais utilizados para fabricação, precisam ser considerados. Cada um apresenta um tipo de projeto, então, pode oferecer uma segurança maior devido à resistência aos impactos.

Esse fator costuma influenciar o preço. Geralmente, quanto mais caro for um capacete, maior a tecnologia agregada para proporcionar proteção e também conforto durante o uso.

Como escolher o capacete de moto ideal?

Não existe, exatamente, um capacete ideal para cada tipo de moto, mas sim os modelos que se adequam melhor a cada situação, e isso vai implicar no tipo de motocicleta escolhida. Por exemplo, não vemos uma pessoa fazendo trilha com uma moto elétrica ou uma motoneta, então, geralmente quem usa esse tipo de moto não escolhe um capacete off-road.

Os modelos fechados ou integrais são boas opções para o meio urbano, a estrada e até mesmo competições de motovelocidade. Já os capacetes abertos são mais interessantes para usar apenas no meio urbano, em velocidades menores, por causa do seu grau de proteção mais baixo.

Para quem gosta de pegar a estrada em viagens longas, o tipo modular é uma boa opção porque permite descansar um pouco o rosto sem a necessidade de tirar o capacete. Também favorece a interação com outras pessoas face a face.

Os modelos off-road, por sua vez, combinam melhor com as trilhas e outras atividades esportivas, como veloterra e motocross. Mas se você tiver uma motocicleta de uso urbano com essa pegada off-road, pode ser uma boa alternativa para compor o conjunto esteticamente.

Tamanho do capacete

Um fator muito importante na hora de tomar a decisão é entender que, independentemente de qual dos tipos de capacete de moto você escolher, ele precisa ter o número correto para você. Afinal, esse equipamento tem diferentes numerações e deve se encaixar na cabeça com perfeição.

O capacete não pode ficar muito largo. O ideal é que ele faça uma ligeira pressão nas bochechas sem deixar qualquer espaço entre a cabeça e o equipamento. Também deve conter a cinta jugular e o engate, para se manter bem fixado embaixo do queixo, pois é isso que vai evitar que o capacete saia da sua cabeça no caso de um acidente.

O que você deve evitar na hora de comprar um capacete?

O CONTRAN, juntamente aos outros órgãos que compõem o Sistema Nacional de Trânsito, estabelece normas e regras visando a maior segurança para todos que circulam pelas vias urbanas ou em estradas. Sendo assim, evite transgredir as determinações na hora de escolher o seu capacete.

A gente entende que estética e estilo têm um peso importante, mas o ideal é prezar pela sua segurança. O equipamento precisa atender ao que diz a resolução do CONTRAN, ou seja:

  • ter o sistema de trava para se manter devidamente afixado à cabeça;
  • trazer o certificado do INMETRO;
  • conter os adesivos refletivos nas laterais e na parte de trás.

Evite comprar um capacete maior do que a sua cabeça porque ele não vai oferecer a proteção necessária. Procure optar por um equipamento de qualidade, fabricado com materiais com uma resistência maior.

Também evite comprar capacetes usados. Isso porque é difícil ter certeza das condições e da integridade deles. Geralmente, após uma queda ou impacto, o capacete perde sua eficiência.

É interessante evitar comprar o capacete apenas porque é uma moda ou tendência. Pense no uso que você fará dele para escolher um modelo que atenda bem a sua necessidade, oferecendo máxima proteção.

Apesar de existirem diferentes tipos de capacete de moto e muitas marcas no mercado, não é difícil escolher quando levamos em consideração esses aspectos. Então, observe cada detalhe na hora de comprar o seu para garantir conforto e segurança na medida certa.

Sabia que não usar capacete é passível de apreensão da motocicleta? Veja outras situações em que isso pode acontecer e o que fazer para recuperar uma moto apreendida.

 

Fórum de discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine para receber conteúdo exclusivo

Baixe o App do Gringo

  1. Mire a câmera do celular na imagem
  2. Você vai direto para a loja de aplicativos
  3. Clique em baixar app