Como evitar acidentes de trânsito? Confira 7 dicas!

Conheça técnicas para aumentar a segurança no volante e proteja a todos!
como evitar acidentes de trânsito

E aí, motorista?

A segurança no trânsito depende diretamente de investimentos em direção defensiva e direção preventiva. A adoção de medidas simples e práticas, além da atenção constante, são fundamentais para reduzir o número de acidentes e situações de risco que podem ocasionar prejuízos financeiros e até a morte.

Por isso, todo cuidado é pouco. Lembre-se de que você está dirigindo para você e para a sociedade em geral. Mas, como isso ocorre na prática? Confira 7 dicas de como evitar acidentes de trânsito. Continue com a gente e boa leitura!

1. Como funcionam as direções preventiva e defensiva?

Conhecer bem as leis de trânsito é uma regra fundamental para todos os motoristas. Mas também é preciso saber e praticar algumas atitudes preventivas, pois elas são capazes de fazer a diferença tanto na estrada quanto nos deslocamentos do dia a dia.

Isso garante mais segurança a você e àqueles que estão no trânsito. Que tal fazer uma checklist antes de dirigir? Veja alguns pontos importantes para conferir e revisar antes de pegar no volante.

Esteja em boas condições para dirigir

É importante destacar que nem sempre os acidentes são causados por motoristas imprudentes. Qualquer pessoa está sujeita a cometer erros sem perceber. Por isso, caso sinta sono ou cansaço, evite usar a direção e prefira descansar antes. E, se você faz uso de algum medicamento que causa sonolência ou perda de atenção, evite dirigir sob o efeito desse remédio. Espere estar 100% bem.

Outro erro comum é discutir antes ou durante a condução do veículo. Esse é um grande problema, pois, quando se está estressado, você pode tomar atitudes impensadas e colocar a sua vida e a de outras pessoas em risco. Certifique-se de que você está tranquilo e concentrado para conduzir o veículo.

Por fim, não dirija caso tenha ingerido bebida alcoólica. Independentemente da quantidade de álcool consumida, os seus reflexos não serão os mesmos, sua coordenação motora será menor e o raciocínio também será afetado. Nesses casos, para garantir a sua segurança e a de outras pessoas, além de não cometer um crime, é melhor pegar um táxi ou uma carona.

Ou seja, veja se tem condições físicas, mentais e emocionais para dirigir. Assim, você evita o risco de acidentes e de infringir o artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), cuja pena inclui detenção (de seis meses a três anos), multa e suspensão ou proibição de obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor. Além disso, vale lembrar ter noções básicas de primeiros socorros no trânsito antes de dirigir.

Verifique se o veículo está em ordem e faça os ajustes necessários

Depois de se certificar de que está em boas condições de dirigir, é a vez de verificar se o veículo está ok. Localize a documentação do carro, veja se está em dia, cheque o painel, o tanque, o reservatório de água e demais particularidades do veículo antes de tirá-lo da garagem.

Se estiver tudo certo, é a hora dos ajustes. Veja se existem objetos soltos pelo carro, como garrafas de água, sandálias, brinquedos e sacolas de compras. Esses itens podem parecer inocentes, mas podem ser fatais durante uma frenagem brusca, pois são facilmente lançados contra a cabeça dos ocupantes do veículo, causando lesões e até a morte. O ideal é colocar tudo no porta-luvas ou porta-malas — jamais os deixe espalhados ou em cima do painel.

Outro cuidado essencial é com o seu conforto e com a sua visão externa do veículo. Por isso, encontre a postura ideal e ajuste os espelhos retrovisores para minimizar ao máximo os pontos cegos. E, para manter a atenção plena, evite distrações como celulares, som alto ou aparelhos de DVD.

Caso necessite falar ao telefone, encoste o veículo em um local seguro e evite acidentes e multa. O Código de Trânsito Brasileiro prevê infração gravíssima e a perda de sete pontos na carteira para o condutor flagrado usando o telefone ao volante.

Redobre a atenção ao transportar crianças no veículo

Transportar crianças é uma grande responsabilidade. As menores de 10 anos de idade sempre devem estar no banco de trás e com o cinto de segurança afivelado. O sistema de retenção deve acompanhar as definições de acordo com a sua idade, peso e altura.

Por exemplo, as crianças com até um ano de idade devem utilizar, obrigatoriamente, o dispositivo de retenção chamado “bebê conforto”. Aquelas com idade superior a um ano e inferior ou igual a quatro anos devem utilizar a “cadeirinha”. Já as que tiverem idade superior a quatro anos e inferior ou igual a sete anos e meio devem utilizar o “assento de elevação”.

Caso o sistema de retenção não atenda às características da criança, ele pode se soltar durante uma frenagem mais brusca e até enforcar com o cinto, que deveria protegê-la. E o ideal é que a mesma esteja acompanhada de um adulto no banco de trás. Lembre-se de que a sua função principal sempre será conduzir o veículo!

2. O que fazer para não derrapar em pista molhada?

É recomendável olhar a previsão do tempo antes de dirigir, mas isso não impede de encontrar a pista molhada durante o trajeto. Caso isso aconteça, é preciso adotar alguns cuidados para não derrapar. Por exemplo, mantenha a pressão correta dos pneus e aumente a distância das frenagens.

Outra medida importante é manter os sulcos na profundidade indicada. Para controlar o desgaste, verifique o indicador de profundidade do sulco (TWI). Ele aponta quando é necessário trocar o pneu por um novo. O Código de Trânsito Brasileiro indica que os sulcos devem ter, no mínimo, 1,6 milímetro de altura.

3. Quais são os cuidados ao dirigir sob neblina?

Dirigir em condições adversas, como neblina, exige mais atenção do condutor porque essa condição deixa a visão mais comprometida, aumentando o risco de acidentes. Nesse caso, é preciso adotar alguns cuidados indicados no CTB. Confira:

  • diminua a velocidade;
  • acenda o farol baixo;
  • guie-se pelas faixas na pista;
  • evite parar no acostamento;
  • evite usar o pisca-alerta ou a seta desnecessariamente;
  • ligue o sistema de ventilação interna do veículo;
  • abra os vidros e use os limpadores de para-brisa.

4. O que é melhor fazer em trechos com muita água: acelerar ou reduzir a velocidade?

Caso não seja possível traçar outro percurso, avalie o trecho e planeje a sua rota. Em seguida, desligue equipamentos desnecessários, como rádio, ar condicionado, luz interna e tudo o que não seja imprescindível para a travessia. Afinal, o veículo vai precisar de mais esforço para vencer a resistência da água.

Dito isso, vamos para a parte prática. Mantenha a marcha reduzida, com aceleração constante e velocidade média. Encontre o ponto ideal que não seja tão rápido a ponto de espirrar água, mas que seja suficiente para formar uma pequena movimentação na água localizada à frente do para-choque.

5. O que fazer em caso de chuva intensa na pista: parar no acostamento ou continuar?

Em caso de chuva intensa, nem mesmo a velocidade mais rápida do limpador de para-brisa é suficiente para oferecer uma condição de visibilidade aceitável Ao motorista. Portanto, não insista: procure um lugar seguro para estacionar e espere a chuva parar ou diminuir.

Quando, além da chuva, há vento muito forte, evite ficar parado ao lado de árvores ou placas, pois elas podem vir em direção ao veículo. E, caso pare no acostamento, ligue o pisca-alerta para que os outros motoristas vejam e não colidam com o seu carro.

6. O que atentar ao realizar as ultrapassagens?

A ultrapassagem é uma manobra que requer máxima atenção, mas é um dos principais erros em viagens de carro. É preciso sinalizar com antecedência, calcular bem a distância e a velocidade dos carros e escolher o melhor momento para fazer a manobra. No entanto, é preciso ter consciência de que nem sempre é possível ultrapassar. Lembre-se: na dúvida, o movimento não deve ser realizado.

Jamais infrinja a lei ultrapassando pela contramão em faixa contínua ou pelo acostamento, muito menos force a ultrapassagem. Além do risco de acidentes graves, as infrações resultam em multa e somam pontos na carteira do condutor, que pode ter o seu direito de dirigir suspenso por até um ano.

Portanto, siga essas recomendações para uma ultrapassagem segura:

  • use a seta para sinalizar a sua intenção;
  • mantenha os faróis acesos nas rodovias;
  • respeite a velocidade da via;
  • mantenha uma distância segura;
  • tenha a consciência de não ultrapassar quando não for possível.

7. Por que fazer revisões periódicas?

Verificar as condições do veículo é obrigação do condutor. Adote essa atividade na sua rotina tanto antes de sair quanto ao programar manutenções gerais periódicas. Sempre que possível, faça a revisão do carro: cheque pneus, freios, nível de óleo e de água, luzes e tanque. Consulte e siga as recomendações do manual do veículo.

A manutenção preventiva do carro em dia influencia bastante na segurança do veículo no trânsito, pois diminui as chances de problemas, sejam durante viagens, seja no dia a dia. Além disso, parar no meio de uma rodovia para verificar um possível problema — principalmente quando se dirige à noite — é perigoso para você e para os veículos que trafegam na via, além de outros incômodos.

Há de se ressaltar que realizar a manutenção preventiva periodicamente também traz mais economia, porque evita que os problemas se agravem. Por isso, além das manutenções programadas, fique de olho no comportamento do veículo e peça ajuda sempre que julgar necessário. Para ter mais tranquilidade, conte com um serviço de seguro automotivo ou proteção veicular.

Como você viu, existem inúmeros motivos que levam a colisões e acidentes de trânsito, mas também há saídas para evitar essas ocorrências tão perigosas. Se você chegou até aqui, sabe que seguindo estas dicas de como evitar acidentes de trânsito sua condução será muito mais responsável e tranquila. Por isso, salve e releia este conteúdo quando achar pertinente. Lembre-se de que a nossa segurança sempre deve estar em primeiro lugar!

Gostou do texto? Então, aprofunde os seus conhecimentos e aprenda agora 5 dicas de direção defensiva!

 

Fórum de discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine para receber conteúdo exclusivo

O Super App que simplifica a vida do motorista! IPVA, CRLV, Licenciamento, CNH e mais.
O Super App que simplifica a vida do motorista! IPVA, CRLV, Licenciamento, CNH e mais.

Baixe o App do Gringo

  1. Mire a câmera do celular na imagem
  2. Você vai direto para a loja de aplicativos
  3. Clique em baixar app