IPVA, Licenciamento, multas?

O Gringo simplifica a consulta e pagamento dos débitos do seu veículo.

Insira o número com o DDD sem o zero

CRV digital: o novo recibo para compra e venda de veículos

IPVA, multas, licenciamento?

Insira o número com o DDD sem o zero
CRV digital

Fala, motorista, tudo bem?

A partir de janeiro de 2021, de acordo com a Resolução nº 809 do Contran, o Documento de Registro do Veículo passou a ser eletrônico, também conhecido como CRV digital.

Desta forma, aquele documento verde, impresso em papel moeda, utilizado por vários anos, passou a ser digital e agora pode ser acessado direto do seu celular. 

Embora a mudança já esteja em vigor há algum tempo, ainda existem muitas dúvidas sobre o tema. Com a criação do registro do veículo digital, é importante que os motoristas também entendam o significado e formas de acessar outros documentos, como o CRLV-e e o ATPV-e. 

Então vem com a gente e entenda tudo sobre o CRV digital e como ter acesso ao seu documento.

Como funciona o novo recibo CRV digital para transferência de veículos?

O CRV, também conhecido como “recibo de compra e venda”, é a abreviação para Certificado de Registro do Veículo. De maneira prática, o CRV garante ao indivíduo a posse do veículo, sendo um documento indispensável para o proprietário do bem e necessário em algumas situações, como na hora de comprar ou vender o respectivo automóvel registrado no certificado.

Até janeiro de 2021, ainda havia a opção de emitir o CRV impresso, aquele documento verdinho, lembra? Pois bem, a partir dessa data, tivemos a substituição definitiva da versão impressa para a digital, também conhecida como CRV digital.

E não para por aí, motorista. Tivemos uma importante alteração com a resolução nº 809: a partir de 04/01/2021 o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos) passou a valer como o CRV, ou seja, os dois certificados até então emitidos separadamente, foram unificados em um único documento.

Além disso, o CRLV, agora emitido digitalmente, passou a ser chamado de CRLV-e e também passará a valer como o CLA (Certificado de Licenciamento Anual).

Resumindo, baixando o CRLV-e, você terá acesso a um documento que vale também para as funções do CRV e CLA.

Qual a diferença entre CRV e CRLV?

Uma das dúvidas mais comuns entre os motoristas é entender a diferença entre essas duas siglas tão parecidas. Mas saiba que a distinção entre elas é bastante simples.

O CRV consiste no registro do veículo, garantindo a posse do bem para seu dono, conforme explicamos no tópico acima. O, por sua vez, CRLV é o certificado responsável por garantir o licenciamento do veículo.

Existem mais duas diferenças bastante importantes entre os dois documentos:

  1. Porte: O CRLV possui porte obrigatório, ou seja, precisa estar junto ao motorista sempre que ele estiver dirigindo, enquanto o CRV, não.
  2. Validade: O CRLV precisa de renovação anual, já que está relacionado ao licenciamento do veículo. O CRV, por sua vez, não possui data de validade.

CRV e ATPV – O que você precisa saber?

A sigla ATPV significa Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo. Se você realizou a venda de um veículo alguma vez, certamente cruzou com este documento, pois ele ficava no verso do CRV, sendo ainda chamado de DUT (Documento Único de Transferência).

Com a resolução nº 809, o ATPV passou a substituir o CRV. Contudo, existe uma importante mudança: o ATPV ou antigo DUT, que antes vinha em branco no verso daquele CRV impresso em papel moeda, agora será expedido somente quando o proprietário do veículo realizar a venda do mesmo. 

Quando isso acontecer, cabe ao vendedor solicitar o documento junto ao Detran, presencial ou digitalmente, informando os dados do comprador. O Detran disponibilizará a ATPV-e preenchida com as respectivas informações, assim como a presença de um QR Code. Após isso, o procedimento segue os mesmo passos do que era feito com o CRV: realizar o reconhecimento de firma no cartório e concretizar a transferência do bem junto ao Detran.

O CRV antigo – aquele verdinho – ainda é válido?

Sim, motorista. A resolução entrou em vigor para os veículos registrados somente a partir de 2021. Ou seja, se você possui o CRV impresso, fique tranquilo que não haverá nenhuma alteração.

Quando devo renovar o CRV?

O CRV precisa ser renovado em quatro principais situações, de acordo com o artigo nº 123 do CTB

  1. Se o proprietário do veículo mudar de endereço;
  2. Quando houver transferência de propriedade do veículo;
  3. Em caso de alguma alteração na característica do veículo;
  4. Caso haja mudança na categoria do automóvel;

Vale ressaltar que é necessário estar com todos os débitos do veículo em dia para conseguir renovar o CRV.

Como emitir o CRV digital? Passo a passo

Conforme vimos, o CRV agora está presente dentro do CRLV-e. Visto isso, te explicaremos o passo a passo para validar o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos digital:

  1. Baixe o app “Carteira Digital de Trânsito (CDT)”; Google Play e App Store;
  2. Abra o app e faça o cadastro do seu usuário;
  3. Ative sua conta por meio de um link que será enviado ao e-mail de cadastro;
  4. Chegou a hora de obter a sua CNH Digital. Para isso, basta validar o seu cadastro por meio do Portal de Serviços do Denatran através do certificado digital. Caso prefira, você também pode ir pessoalmente ao Detran fazer esta validação;
  5. Para adicionar o CRLV Digital é só informar o número do Renavam e o Código de Segurança do CRV;;
  6. Crie uma  “Chave de Acesso” com 4 dígitos;
  7. Adicione as versões digitais da CNH e CRLV-e no seu cadastro de usuário;
  8. Por fim, basta visualizar os documentos adicionados e baixá-los no seu smartphone. Assim, você não precisa estar conectado à internet para acessá-los.

E aí, motorista, entendeu o que mudou após a resolução nº 809 do Contran? Com essas alterações, agora seus documentos estão disponíveis direto pelo celular e em um só lugar.

Caso ainda tenha ficado com alguma dúvida, mande para gente nos comentários que te responderemos.

Veja como o Gringo consegue simplificar a sua vida

Você sabia que com o Gringo é possível – e muito prático – consultar o IPVA e licenciamento do seu veículo, ver se possui pontos na Carteira de habilitação, pagar multas parceladas em até 12x e muito mais!

Não perca tempo, baixe agora o app da Gringo e experimente a sensação de ter o controle da sua vida como motorista na palma da mão, independente da sua situação! 

 
Muito bom, paguei meu IPVA no PIX e percebi que ele some na hora do site do Detran. Bem melhor que ir em lotérica!

Fórum de discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine para receber conteúdo exclusivo

Pague seu IPVA no Super App do Gringo.
Pix, boleto ou 12x no cartão de crédito.
Pague seu IPVA no Super App do Gringo. Pix, boleto ou 12x no cartão de crédito.