É obrigatório andar com o documento do veículo? Veja

Confira a lista de documentos obrigatórios para portar com seu veículo e fique fora daquelas multas que poderiam ser evitadas. Vem com a Gringo!
É obrigatório andar com o documento do veículo

Fala motorista, tudo bem?

Você sabe quais são os principais documentos do seu veículo e como é a obrigatoriedade de porte para cada um deles? Sabe quando você vai rapidinho no mercado sem o CRLV e pensa: putz, esqueci, mas será que é obrigatório andar com o documento do veículo?

Se não tiver uma resposta na ponta da língua, fique tranquilo, pois falaremos exatamente sobre isso agora.

Depois de ler o conteúdo, vale dar uma olhada nos documentos que possui dentro do seu automóvel e até partir para alternativas mais práticas e seguras, como acessar todas essas informações direto do seu celular. Bora lá?

Quais são os principais documentos de um veículo?

Quem é motorista sabe como pode ser confusa a “sopa de letrinhas” por trás de todos os nomes e siglas que representam os documentos veiculares. E para te ajudar a esclarecer de uma vez por todas todos esses termos, montamos uma lista com os principais documentos que seu veículo precisa ter – e estar em dia. 

  1. CNH

Essa sigla é a mais fácil e comum entre os motoristas – Carteira Nacional de Habilitação. Depois de um ano portando a PPD (Permissão para dirigir), o motorista recebe sua CNH, documento tão aguardado pelos novos condutores. 

Ela precisa ser renovada de tempos em tempos: a cada 10 anos para condutores de até 49 anos de idade, a cada 5 anos para os que possuem de 50 a 70 anos e a cada 3 anos para os com idade igual ou superior a 70 anos.

Confira um guia completo para emissão e renovação da sua CNH no vídeo abaixo:

  1. IPVA

É a abreviação para Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. Possivelmente, a certidão de pagamento do IPVA está entre os documentos mais conhecidos entre os motoristas, pois é um tributo que deve ser pago anualmente e pode ter sua alíquota alterada de estado para estado. 

Calcular IPVA: aprenda a fazer o seu [2022]

  1. CRV

O Certificado de Registro do Veículo é um documento utilizado, principalmente, na etapa de  transferência de um automóvel para outro proprietário. Em outras palavras, o CRL é o comprovante de compra e venda de um veículo (o antigo DUT). 

No CRV, é possível encontrar dados como o código Renavam, marca do veículo e ano de fabricação, placa, chassi, entre outras informações.

Confira nosso conteúdo que explica, em detalhes, tudo sobre o CRV.

  1. CRLV

Comumente chamado de licenciamento, o CRLV é a abreviação para Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo. De maneira prática, o CRLV é o documento que garante que o veículo encontra-se em dia com o pagamento do IPVA, licenciamento e multas, estando apto para circular nas vias.

Para acabar com possíveis confusões entre CRV e CRLV, assista ao vídeo que te explicamos tudo sobre eles – e suas diferenças:

  1. Seguro DPVAT

O seguro de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores Terrestres, sim, este é o nome completo para seguro DPVAT, é um documento que deve ser pago todos os anos pelos motoristas, em exceção aos donos de ônibus e micro-ônibus. 

O seguro DPVAT pode variar de R$ 5,00 a R$ 12,00 e garante ao motorista possíveis indenizações a vítimas de acidentes de trânsito para o condutor, passageiros ou pedestres.

Caso queira saber mais, vale a pena conferir nosso conteúdo completo sobre seguro DPVAT.

  1. RENAVAM

O Renavam corresponde a um código que pertence a um sistema de nível nacional monitorado pelo DENATRAN. É um código único do veículo e que não pode sofrer alteração.

Com o RENAVAM, é possível identificar tudo o que acontece com seu veículo, como mudanças de proprietário, emplacamento, furtos até alterações na cor da pintura, além de consultar IPVA, multas e o licenciamento.

Confira o nosso guia completo sobre o RENAVAM.

Quais documentos eu preciso portar para dirigir?

De acordo com os artigos 133 e 159 do CTB, é obrigatório andar com o documento do veículo sim. Na verdade, você precisa, obrigatoriamente, portar dois documentos sempre que estiver conduzindo seu veículo:

  1. CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou PPD (Permissão para dirigir);
  2. CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo).

Dirigir sem a CNH ou com o documento vencido há mais de 30 dias acarreta em multa de caráter gravíssimo. Na primeira situação, o valor pode chegar a quase R$ 900,00, além de receber 7 pontos na carteira. Já no segundo caso, o valor da multa fica em torno de R$ 300,00 e 7 pontos na carteira também são somados ao condutor. 

Quando falamos da ausência no porte do CRLV, também conhecido como licenciamento do veículo, assim como no caso da CNH, a multa é considerada gravíssima e o valor se aproxima dos R$ 300,00.

Por isso, motorista, fique sempre de olho e certifique-se de tê-los em mãos sempre que for sair com seu veículo, são apenas dois documentos. Bem simples, né?

E vai ficar ainda mais fácil com essa super dica do Gringo:

Tanto a CNH quanto o CRLV estão disponíveis e são válidos de forma digital! Isso mesmo, basta ter esses dois documentos no seu aparelho celular que, em caso de abordagem da fiscalização, você consegue apresentá-los normalmente. 

Mas fique tranquilo, falaremos melhor disso mais adiante, com todos os detalhes que você precisa saber para andar com os documentos obrigatórios do seu veículo no formato digital.

Algumas situações especiais exigem que você ande com outros documentos, além da CNH e CRLV, como a Autorização para condução de veículo, a LADV (Aprendizagem de Direção Veicular) e um comprovante de aprovação em determinados cursos de especialização. Confira mais detalhes sobre esses documentos complementares.

E quais documentos eu não preciso ter sempre em mãos?

Tá bom, Gringo, já entendi que é obrigatório andar com o documento do veículo (CRLV). E, quando for parado em uma blitz ou outro tipo de fiscalização, não há necessidade de andar com os seguintes documentos:

  1. RENAVAM;
  2. DPVAT;
  3. IPVA;
  4. CRV.

Mas atenção, motorista, esses documentos precisam estar regularizados, de fácil acesso no seu dia a dia e devidamente guardados, beleza?

Como vimos no primeiro tópico, todos eles são imprescindíveis para as suas obrigações como condutor, além de possuir informações essenciais do veículo e proprietário.  

Os documentos obrigatórios do veículo podem ser digitais?

Podem sim, conforme demos um “spoiler” acima, a CNH e CRLV, documentos de porte obrigatório por parte dos motoristas, possuem suas versões oficiais digitais, ou seja, se for parado em uma fiscalização, basta ter um aparelho celular com bateria e apresentar a CNH digital e o CRLV-e (ou CRLV digital).

E a gente te explica como tirar esses documentos no formato digital agora!

Como tirar os documentos digitais do meu veículo?

Começando pela CNH

Para carteiras de habilitação emitidas depois de maio de 2017:

Acesse o app Carteira Digital de Trânsito (CDT), disponível gratuitamente na Apple Store e Play Store, em seguida, realize os seguintes passos:

  1. Acesse o Aplicativo da CDT via login do gov.br;
  2. Clique no botão “habilitação”, na tela principal do app;
  3. Clique em “Toque para baixar sua CNH”;
  4. Para acessar seu documento digital, você possui a opção de validar seu cadastro clicando em “validar utilizando o celular”;
  5. Conceda acesso a câmera do seu celular para o CDT;
  6. Escaneie o QR Code que está na parte de trás da sua CNH;
  7. Você receberá instruções para fazer a “prova de vida”, que consiste em se movimentar em frente a câmera para evitar fraudes;
  8. Se validado, informe seu número de celular;
  9. Pronto, sua CNH Digital já estará disponível no app para aquele aparelho celular.

Atenção, motorista: Sempre que você precisar consultar a sua CNH Digital, será necessário informar uma chave de quatro dígitos no app da Carteira Digital de Trânsito. É uma questão de segurança que pode evitar fraudes com o seu documento.

Se a sua CNH foi emitida antes de maio de 2017, ela não terá o QR Code na parte de trás do documento. Visto isso, para ter a sua carteira de habilitação digital, você precisará tirar a segunda via simplificada dela ou então esperar a renovação para prosseguir com o passo a passo explicado acima.

Tirando o CRLV-e (ou CRLV digital)

  1. Baixe o app da Gringo;
  2. Desça pela página inicial e insira o número da placa do seu veículo;
  3. Depois clique em “Gringo, quero meu CRLV Digital aqui no app”;
  4. Pague as taxas no cartão de crédito ou boleto;
  5. Pronto, você não precisa se preocupar com mais nada, dentro de alguns dias seu CRLV já será disponibilizado no app.

Conte com o Gringo para simplificar a sua vida

Além de conseguir acessar o licenciamento do seu veículo no formato digital, o que já facilita – e muito – a sua vida como motorista, com o app da Gringo, você pode:

Consultar o IPVA e licenciamento do seu veículo, ver se possui pontos na Carteira de habilitação, pagar multas parceladas em até 12x e muito mais!

Não perca tempo, baixe agora o app da Gringo e experimente a sensação de ter o controle da sua vida como motorista na palma da mão! 

 

Fórum de discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine para receber conteúdo exclusivo