CNH E – Como tirar? Saiba mais sobre a CNH categoria E

CNH E

Fala, motorista, tudo certo?

A CNH E é conhecida como a categoria mais avançada de todas, quando o assunto é carteira de habilitação no Brasil. E não é por acaso, para tirar ela é necessário cumprir alguns requisitos que envolvem idade e permissão em outras categorias, por exemplo.

Isso acontece porque a CNH E te permite dirigir praticamente todos os veículos automotores, exceto aqueles de duas ou três rodas.

E todos os detalhes e o passo a passo para tirar a CNH categoria E você confere agora. Vem com a gente!

O que é a CNH categoria E?

A CNH E é a última categoria da carteira nacional de habilitação brasileira e permite aos motoristas dirigir quase todos os veículos automotores.

Com ela, é permitido conduzir os veículos pertencentes às CNHs B, C e D, assim como aqueles com unidades acopladas que excedam seis toneladas, tais como carretas, caminhões com reboques e semirreboques articulados.

No entanto, você deve ter reparado que a carteira de habilitação E não permite ao motorista dirigir os veículos da categoria A, como por exemplo as motocicletas.

Abaixo a gente te explica quais veículos é possível dirigir em cada categoria da CNH.

O que posso dirigir em cada categoria da CNH?

O que você pode ou não dirigir com a CNH Categoria E

No Brasil, são cinco as categorias presentes na Carteira Nacional de Habilitação:

CNH A – Condutor de veículo motorizado de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral, com mais que 50 de cilindrada;

CNH B – Condutor de veículos de quatro rodas, com até 3,5 toneladas de peso bruto total e capacidade para até oito passageiros, além do motorista – nessa categoria ainda é permitido acoplar reboques e semirreboques, desde que não ultrapasse o peso ou lotação máximos.

CNH C – Na CNH C, os motoristas podem dirigir todos os tipos de automóveis da categoria B, e também os veículos de carga, com mais de 3,5 toneladas de peso bruto total, como caminhões, tratores, máquinas agrícolas e de movimentação de carga;

CNH D – Com a CNH D é permitido conduzir veículos para o transporte de passageiros que acomodam mais de 8 passageiros, como ônibus, microônibus, vans e todos os outros veículos permitidos nas categorias B e C;

CNH E – Esta categoria permite ao motorista conduzir todos os veículos pertencentes às CNHs B, C e D, assim como aqueles com unidades acopladas que excedam seis toneladas – carretas, caminhões com reboques e semirreboques articulados.

Fique por dentro também das novas regras para a CNH, aquelas que entraram em vigor em abril deste ano.

Pelo vídeo abaixo a gente te atualiza de tudo:

Quais veículos posso dirigir com a CNH categoria E?

Conforme comentamos acima, com a CNH E é permitido conduzir todos os veículos da categoria B, C e D, além daqueles que possuem unidades acopladas com mais de seis toneladas.

Mas, na prática, o que isso significa? Quais veículos do dia a dia posso dirigir?

De modo geral, é permitido dirigir a grande maioria dos veículos presentes no Brasil, com exclusão dos motorizados de duas ou três rodas, com com mais de 50 cilindradas, como motos, triciclos e motocicletas.

Ou seja, com a categoria E, você pode:

  • Dirigir carros de passeio;
  • Conduzir todos os veículos que fazem parte do grupo dos caminhões, sendo eles articulados ou não – carretas, trens, bondes, locomotivas a vapor, tratores, máquinas agrícolas e de movimentação de carga;
  • Veículos de transporte de passageiros com mais de oito pessoas, como ônibus, micro-ônibus e vans.

Para que serve a categoria E?

Por mais que a CNH E permite dirigir todos os veículos das categorias B, C e D, ela costuma ser procurada por pessoas que já trabalham ou querem trabalhar com atividades de logística, principalmente na condução de veículos.

E para os apaixonados por direção, ter uma carteira de habilitação categoria E é chegar ao nível máximo de preparo e certificação para dirigir.

Porém, para tirar a categoria E da CNH é necessário cumprir com alguns requisitos.

O que é necessário para tirar a CNH categoria E?

Para poder dar entrada no processo de tirar a CNH E, o motorista deve:

  • Ter pelo menos 21 anos;
  • Experiência mínima de 1 ano com a CNH C ou D;
  • Não ter levado multa por infração grave ou gravíssima e não ser reincidente em multa por infração média nos últimos 12 meses;

Aproveite para ficar por dentro das multas de trânsito e conferir dicas de como fugir delas!

Além disso, durante o processo para tirar a habilitação E, o candidato precisa cumprir com duas etapas principais:

1.     Fazer os exames toxicológico e de aptidão física e mental;

2.     Realizar as aulas e a prova prática de direção.

Mas fique tranquilo, falaremos melhor dessas duas etapas um pouco mais adiante.

Quanto custa para tirar a CNH categoria E?

O preço para adicionar a CNH E pode variar de acordo com cada estado e autoescola. Abaixo você confere quais são os principais custos para adicionar essa categoria na sua carteira de habilitação:

Confira os tipos de custos e valores abaixo:

  • Custos com os exames toxicológico e de aptidão física e mental;
  • Custos com a autoescola – mínimo de 20 horas/aula + prova prática;
  • Custos com taxas do DETRAN;
  • Custo com a emissão da CNH.

Trouxemos um exemplo de orçamento médio para o estado de São Paulo em 2021, contendo os principais custos referentes à adição da categoria E na CNH.

EtapasPreço
Exame médicoR$ 96,00
Exame psicotécnicoR$ 112,00
Exame toxicológicoR$ 180,00
20 horas de aulas práticasR$ 1.500,00
Taxa do DETRAN para a prova práticaR$ 40,00
Emissão da nova CNHR$ 107,00
Valor totalR$ 2.035,00

Portanto, se tudo der certo e o motorista for aprovado de primeira, o orçamento médio para a adição da CNH E é de R$ 2.035,00.

Caso o condutor precise fazer mais aulas práticas, o custo médio por hora gira em torno de R$ 75,00. E, se reprovado na primeira tentativa da prova prática, a taxa do DETRAN para a prova prática precisa ser paga novamente.

Quanto tempo demora para adicionar CNH E?

Assim como em qualquer processo tradicional de habilitação, o tempo máximo para adição da CNH E é de 12 meses.

O motorista, no entanto, consegue agilizar bastante esse prazo, basta fechar as aulas em um CFC (Centro de Formação de Condutores), também conhecido como autoescola, realizar os exames e pagar a taxa do DETRAN. Com isso, pode-se dizer que é possível realizar todo o processo para tirar a CNH E em mais ou menos três meses.

Como tirar a CNH categoria E? Passo a passo

Se você cumpre com todos os requisitos necessários para tirar a CNH E, aqueles explicados acima, já pode dar início ao processo, composto pelas seguintes etapas:

1) Escolha de um CFC

A dica aqui é ficar de olho para fechar com uma autoescola certificada pelo Detran.

Clique aqui e consulte os centros de formação de condutores certificados pelo Detran SP.

Se você não for de São Paulo, basta entrar no site do Detran do seu estado e pesquisar por “Centros de Formação de Condutores credenciados”.

Assim que escolher uma autoescola, pergunte a eles quais documentos você precisa apresentar. Normalmente eles pedem:

·        A Carteira Nacional de Habilitação ou RG , CPF do condutor – original e uma cópia simples;

·        Comprovante de endereço – emitido nos últimos três meses 

2) Realização dos exames

Segundo a Lei Federal 13.103, de 2 de março de 2015, o motorista precisa realizar os exames toxicológico e de aptidão física e mental para tirar a CNH E.

Eles são feitos em clínicas médicas credenciadas. O próprio CFC que você contratou pode te indicar alguns lugares de confiança para realizar os procedimentos.

O exame toxicológico, necessário apenas para motoristas habilitados na CNHs C, D ou E, possui validade de 2 anos e meio e deve ser repetido por todos os motoristas que exercem atividade remunerada e com menos de 70 anos, de acordo com a Lei Federal 14.071.

3) Fazer as aulas práticas

São no mínimo 20 horas de aula prática oferecidas pela autoescola. Caso o motorista não se sinta confiante ou precise de mais horas de treinamento, basta solicitar junto ao CFC.

4) Chegou a hora da prova prática de direção veicular

O último passo para adicionar a categoria E na sua CNH é realizar a prova prática.

Nós aconselhamos que você busque se informar bastante a respeito dos critérios utilizados durante a avaliação.

Desta forma, você tem maiores chances de passar na prova de primeira e evitar outros custos para repetir o exame.

Confira aqui as exigências estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro para a CNH E.

E aí, motorista, ficou com alguma dúvida sobre como tirar a CNH categoria E? Então deixe um comentário pra gente que te respondemos.

 
                                                                                                                

Fórum de discussão

10 respostas

  1. Boa tarde para trocar de cnh categoria B para E sem remuneração o que preciso só para dirigir uma camioneta l200 2000kg mais 1000kg rebocar um trailer casa de 2500kg

    1. Olá Adair, tudo bem?
      Nesse caso não é permitido a troca imediata, Para ter a categoria “E” é preciso estar habilitado há pelo menos um ano na categoria “C”.
      Segue abaixo mais algumas regras para obter a categoria “E”
      – Ter o curso prático de 20 horas/aula e teste de direção veicular.
      – Não ter recebido multa por infração grave ou gravíssima, nem ser reincidente em multa por infração média nos últimos 12 meses.
      – Ser maior de 21 anos e ser aprovado em exame de aptidão física e mental.

      SeuAmigoGringo🚗💙

  2. Tenho carta D e exerço atividade remunerada como autônomo, mas gostaria de trocar para letra E, pois a área de trabalho aonde moro em Paulínia/SP, tem mais campo de atuação com a letra E. Sabería me informar qual seria o custo médio na minha região para essa teoca de categoria?

    1. Oi amigo Alicerio, tudo bem por aí? O preço para adicionar a CNH E pode variar de acordo com cada estado e autoescola. Se tudo der certo e o motorista for aprovado de primeira, o orçamento médio para a adição da CNH E é de R$ 2.035,00. Caso o condutor precise fazer mais aulas práticas, o custo médio por hora gira em torno de R$ 75,00. E, se reprovado na primeira tentativa da prova prática, a taxa do DETRAN para a prova prática precisa ser paga novamente.
      Você pode ter mais detalhes do custo diretamente no link: https://gringo.com.vc/cnh-e/#Quanto_custa_para_tirar_a_CNH_categoria_E Belezinha? Um abraço #SeuAmigoGringo🚗💙

  3. Poderia informar por favor.
    Para categoria E, e obrigatorio o toxicologico mesmo nao exercendo a profissao com uso dessa categoria.
    katia

    1. Fala Katia, tudo certinho? Sim, amiga! É obrigatório realizar o Exame Toxicológico Periódico, mesmo que você não tenha o registro EAR (Exerce Atividade Remunerada) na categoria E. Belezinha? Sempre que precisar #chamaOGringo🚗💙

  4. Bom dia…tenho a categoria D e gostaria de trocar p E meus exames estão em ordem tem como pular essa parte e só fazer as aulas

    1. Fala Julio, tudo joia? Amigo, as regras para essa mudança de categoria são:
      Estar habilitado na categoria C por pelo menos 1 ano, ou 2 anos na categoria B.
      • Se maior de 21 anos e conseguir aprovação no exame de aptidão física e mental.
      • Não ter recebido multa por infração grave ou gravíssima, e não ser reincidente em multa por infração média nos últimos 12 meses.
      • Fazer curso prático de 20 horas/aula e teste de direção.
      Ou seja amigo, para pular a etapa de exames, só mesmo verificando essa possibilidade numa autoescola de sua confiança ou com Detran do seu estado. Tudo bem? Sempre que precisar #chamOGringo🚗💙

  5. A galera pelo visto tá com preguiça de ler o artigo. So perguntas que foram explicadas pelo menos uma ou duas vezes no artigo. 😂

    1. Fala Jhonatan, tudo certo amigo? Poxa, não tem problema. 😅 Nascemos pra ajudar mesmo! O artigo por mais informativo que seja, pode haver dúvidas. Estamos aptos a explicar cada parte detalhamente, caso necessário. O Gringo nasceu com a ideia de ajudar e facilitar a vida do motorista brasileiro, então estamos aqui pra isso! Continue acompanhando nossos artigos, estou de olho hein?! Um abraço do #SeuAmigoGringo💙🚗

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine para receber conteúdo exclusivo