Pesquisar
Close this search box.

Como solicitar DPVAT? Saiba tudo sobre o seguro!

E aí, motorista! Tudo bem? Você sabe como solicitar DPVAT? A Caixa Econômica e o aplicativo Caixa DPVAT ajudam nessa missão. Todo o processo de solicitação é simples e totalmente gratuito.

Consulte aqui

Resolva os débitos do veículo de forma simples e rápida
Vamos enviar um código de confirmação no seu telefone para continuarmos. A confirmação do telefone é para garantir a segurança dos seus dados.

Consulte aqui os débitos do seu veículo

solicitar dpvat - imagem de pessoa assinado contrato

E aí, motorista! Tudo bem? Você sabe como solicitar DPVAT? A Caixa Econômica e o aplicativo Caixa DPVAT ajudam nessa missão. Todo o processo de solicitação é simples e totalmente gratuito.

Antes de entender como solicitar DPVAT, que tal se informar mais sobre ele? O Gringo, o melhor amigo do motorista, preparou um conteúdo especial, contando mais do funcionamento desse seguro.

O que é DPVAT?

A sigla DPVAT significa Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres. O objetivo é cobrir as despesas ou garantir o reembolso das despesas médicas para as pessoas que sofrem um acidente de trânsito.

O seguro garante que não só o motorista, mas os passageiros e os pedestres envolvidos no acidente recebem a indenização. Em casos de morte, o dinheiro é direcionado para os herdeiros legais das vítimas. 

Como funciona?

Antes de descobrir como dar entrada no DPVAT, é preciso saber que a cobertura do seguro só acontece se o motorista estiver em dia com o DPVAT de anos anteriores. Tendo isso em mente, a indenização ou o reembolso funcionam da seguinte forma:

  • despesas médicas e hospitalares de rede privada (nesse caso, por reembolso): até R$ 2.700,00;
  • morte: R$ 13.500,00;
  • invalidez permanente: até R$ 13.500,00.

O que não é coberto pelo seguro?

Apesar de cobrir grande parte dos acidentes de trânsito, o seguro DPVAT não se responsabiliza por indenizar ou reembolsar algumas situações específicas:

  • acidentes sem vítimas;
  • multas ou fianças do condutor;
  • danos não causados por veículos de via terrestre ou carga;
  • prejuízos materiais;
  • acidentes ocorridos com veículos estrangeiros;
  • acidentes ocorridos fora do território nacional.

Quem pode solicitar o DPVAT?

Afinal, quem pode dar entrada no DPVAT? Não há restrições: qualquer motorista, passageiro ou pedestre envolvido em um acidente de trânsito pode solicitar o seguro. 

A indenização ou o reembolso das despesas médicas é direcionado ao próprio acidentado em casos de ferimentos graves ou invalidez permanentemente. Já em casos de morte, o dinheiro é direcionado para os herdeiros legais da vítima.

Como solicitar o DPVAT?

Como dar entrada no DPVAT on-line ou presencialmente? Você pode escolher entre as duas formas. A primeira ocorre por meio do aplicativo Caixa DPVAT. A segunda acontece diretamente na Caixa Econômica. 

solicitar dpvat - imagem de pessoa calculando imagem

Documentação necessária

No aplicativo, você encontra opções para identificar se você é a vítima do acidente ou o beneficiário. Após essa diferenciação, são solicitadas algumas informações e documentações. A lista de documentos para solicitar DPVAT é extensa para cada tipo de categoria. 

Você pode conferi-la aqui. De antemão, para o reembolso das despesas, você precisa do documento de identificação da vítima, do CPF, do comprovante de residência, do boletim de atendimento médico hospitalar ou ambulatorial do primeiro atendimento médico, dos recibos e das notas fiscais originais.

Para casos de invalidez permanente, a principal diferença na documentação está na presença do laudo do Instituto Médico Legal (IML) da localidade em que o acidente ocorreu, informando a extensão das lesões físicas ou psíquicas da vítima, assim como o estado de invalidez permanente.

Na cobertura de casos em que houve morte, a documentação é mais contida. Você precisa de: certidão de óbito (original e cópia autenticada), cópia simples do laudo do exame obtido pelo IML, cópia simples do documento de identificação com foto e cópia simples do CPF da vítima.

Prazo para a solicitação

Apesar do seguro ser gratuito, existe um prazo para solicitar DPVAT. Você pode fazer a solicitação até 3 anos após o acidente, contados a partir da data do óbito ou do próprio acidente. Depois da solicitação, a Caixa tem um prazo de até 30 dias para avaliar a documentação.

Consulta do DPVAT

Agora que você já sabe como solicitar DPVAT, deve estar se perguntando: como consultá-lo? O processo é o mesmo: basta entrar com login e senha no aplicativo Caixa DPVAT.

Super App do Gringo: o melhor amigo do motorista!

Com o Super App do Gringo, você mantém as pendências do seu veículo em dia. É só se cadastrar no aplicativo e inserir os dados para resolver as multas, o IPVA e o licenciamento em até 12x no cartão de crédito ou, se preferir, via Pix e boleto bancário.

 
Muito bom, paguei meu IPVA no PIX, foi muito fácil. Bem melhor que ir em lotérica!

Fórum de discussão

Respostas de 2

  1. Quero fazer o pagamento, mas não há nenhum canal de atendimento que possa tirar uma dúvida que não consta na lista de opções do atendimento virtual… Quero saber se nesse total resumido dos débitos do meu veículo inclui o DPVAT ? Mas não consigo resposta pra isso !

    1. Olá, Filipe! Tudo bem?!
      No Super App do Gringo você terá acesso aos débitos do veículo (IPVA, Multas e Licenciamento), valor de tabela fipe além das demais informações em tempo real e de forma consistente. O DPVAT não é possível pagar pelo aplicativo.
      O pagamento do DPVAT é feito anualmente e é obrigatório para que o veículo obtenha o Certificado de Licenciamento Anual (CRLV). Desde janeiro de 2020, o DPVAT não é mais arrecadado junto com o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), e o pagamento deve ser realizado por meio de uma Guia de Recolhimento própria, chamada GRU (Guia de Recolhimento da União).
      Para pagar o DPVAT, siga estes passos:
      1. Visite o site oficial da Seguradora Líder, a administradora do DPVAT.
      2. No site, informe os dados do veículo, como o número do Renavam, placa, UF (Unidade Federativa) e o ano do exercício.
      3. Selecione a categoria do veículo (automóvel, moto, etc.).
      4. Após informar os dados, o site gerará a Guia de Recolhimento da União (GRU) com o valor do DPVAT a ser pago.
      5. Efetue o pagamento da GRU em uma agência bancária autorizada, casa lotérica ou pela internet, seguindo as instruções do documento.
      Se tiver outras dúvidas, envie um e-mail para: [email protected] ou uma mensagem através do WhatsApp número 11910844653. Tenho uma equipe super preparada que poderá te ajudar.
      Um abraço e #chamaOGringo 🚗💙

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine para receber conteúdo exclusivo