Placas de Trânsito: o que são e para que servem?

As placas de trânsito estão por toda a parte, mas você sabe quais são as principais e para que elas servem? O Gringo te explica tudo agora. Confira!
Placas de Trânsito: o que são e para que servem?

Se tem uma coisa que todos os motoristas veem diariamente, independente do tempo de direção, são as placas de trânsito.

Mas você sabe para que elas servem? E as placas de sinalização, qual a diferença?

Pois bem, neste conteúdo você irá entender tudo sobre o mundo das placas de trânsito, assim como a regulamentação delas. Afinal, as placas estão por toda a parte e são um dos grandes guias do motorista durante o dia a dia.

Vamos nessa?

O que são placas de trânsito?

As placas de trânsito, também chamadas de sinalização vertical, são painéis metálicos que estão dispostos nas ruas, calçadas e rodovias (ou sobre elas). Instituídas pela Resolução Nº 160/2004 do Contran, as placas são o grande guia dos motoristas nas vias de trânsito.

E mesmo que você ainda não tenha tirado a sua CNH, com certeza já viu uma placa de “Pare”, por exemplo, na rua.

Se não viu, comece a se familiarizar com elas: entender os significados das placas de trânsito facilita e muito a vida dos pedestres também!

Mas, se você ainda não entende muito da vida de motorista ou se esqueceu das aulas de CFC na autoescola, relaxa! O Gringo está aqui para ajudar você.

Ah, se você estiver cursando o CFC e quiser saber mais sobre as placas para arrasar no exame teórico, dá uma conferida no artigo que produzimos sobre o simulado do Detran 2021!

Placas de trânsito: para que servem?

Agora que você já sabe o que são placas de trânsito, pode estar se perguntando qual a utilidade delas.  

E a resposta é simples: elas existem para organizar o trânsito e aumentar a sua segurança, facilitando o tráfego de pedestres e motoristas.

E falando em segurança, veja algumas dicas que separamos para você praticar a direção defensiva no trânsito:

Placas de trânsito x sinalização: qual a diferença?

De acordo com o Código Brasileiro de Trânsito, não se pode definir placas e sinalização como a mesma coisa. Na realidade, uma complementa a outra.

As placas de trânsito são, segundo o CTB, elementos colocados na posição vertical, fixados ao lado ou suspensos sobre as ruas, avenidas, rodovias e afins.

Além disso, as placas devem conter informações, por meio de palavras ou símbolos, legalmente definidas, podendo ser provisórias ou permanentes no local.

Já a sinalização é justamente esse conjunto de informações contidas nas placas, que visam garantir uma melhor fluidez e segurança para motoristas e pedestres no trânsito.

Por isso, quando se fala em placas de trânsito, é muito comum encontrar o termo “sinalização vertical”, que engloba justamente esses dois conceitos inseparáveis.

Quais são os significados das placas de trânsito?

Para facilitar o entendimento das informações e garantir um trânsito tranquilo, as placas de trânsito são organizadas em três tipos:

  •       Placas de regulamentação;
  •       Placas de advertência;
  •       Placas de indicação;

Cada tipo de placa possui significado próprio e pode, ainda, ser dividida em outros subtipos, como é o caso das placas de indicação.

No mais, cada tipo de placas também segue um padrão de cores predominantes.

Já percebeu que uma placa indicando uma lombada é sempre amarela e não azul, por exemplo?

Pois é, isso ocorre porque ela é uma placa de advertência e deve ter a cor amarela.

Abaixo você confere qual a cor de cada tipo de placa:

Placas de Trânsito: o que são e para que servem?

Placas de trânsito de regulamentação

As placas de regulamentação são muito mais comuns em ruas e avenidas do que em rodovias.

Isso acontece pois elas indicam proibições, obrigações e restrições no uso das pistas.

Por isso, o descumprimento de qualquer uma das ações indicadas por essas placas pode implicar em infração ao CTB.

Aproveite e entenda tudo sobre as multas de trânsito, os seus seus os tipos e valores, assistindo ao vídeo a seguir:

Ah, e por falar em infrações, você já está por dentro de quais infrações podem configurar crimes de trânsito? Fique tranquilo, o Gringo tem um conteúdo inteirinho pra você.

Crimes de Trânsito e Infrações: veja os tipos [Guia completo]

Placas de regulamentação com informações complementares

Existem algumas placas de regulamentação que necessitam conter informações complementares.

Essas informações são referentes ao tempo de validade da proibição (ou obrigação) indicada na placa. Ou ainda, colocando exceções à ela, de acordo com características do veículo ou do motorista.

Um exemplo clássico são placas de estacionamento proibido próximo à escolas, em áreas de embarque e desembarque de crianças nos ônibus e vans escolares.

Como não se costuma ter aula aos finais de semana, geralmente esses dias são exceções à proibição de estacionar no local, como podemos ver na placa a seguir:

Também é comum encontrar placas indicando exceções para pessoas com deficiência física.

CNH PCD – o que é e como tirar a CNH especial? [GUIA 2021]

Placas de trânsito de advertência

As placas de trânsito de advertência, são também chamadas de placas de alerta.

Elas são bastante usadas quando há curvas muito bruscas na pista, lombadas, pista irregular ou ainda risco de aparecer algum animal na pista.

O formato delas é geralmente quadrado, com uma diagonal voltada para cima.

Por isso, se vir alguma placa amarela na pista, dobre sua atenção, motorista!

Você já viu alguma dessas placas de advertência?

Já que as placas de advertência são tão importantes, nada melhor do que relembrar algumas delas. Separamos as principais para você.

Placas relacionadas a curvas:

Placas de Trânsito: o que são e para que servem?

Placas relacionadas a cruzamentos:

Placas de Trânsito: o que são e para que servem?

Placas relacionadas ao perfil da pista:

Placas de Trânsito: o que são e para que servem?

Placas relacionadas ao estreitamento da pista:

Placas de Trânsito: o que são e para que servem?

Placas referentes a componentes da pista (lombadas, depressões e afins):

Placas de Trânsito: o que são e para que servem?

Placas de advertência com informações complementares

Assim como foram criadas as placas de regulamentação, também surgiu a necessidade de placas de advertência com algumas informações extra.

Geralmente, essas sinalizações complementares vem em forma de textos, indicando distâncias até o alerta informado.

Por exemplo, se determinada via de trânsito possui uma lombada 100 metros à frente (alerta informado), a placa de advertência pode conter, também, essa distância (informação complementar). 

Isso ajuda o motorista a prever a manobra que deverá fazer, evitando possíveis acidentes.

Placas de trânsito de indicação

Você também já deve ter se deparado com as placas de indicação.

Elas possuem várias subcategorias, sendo cada uma delas representada por uma cor:

Placas de Trânsito: o que são e para que servem? 

As placas de indicação têm como objetivo orientar os motoristas, seja indicando algum ponto turístico da cidade, um retorno à frente, obras na pista, ou uma saída na rodovia, por exemplo.

Para entender melhor sobre as placas de indicação, é importante falar sobre cada uma das suas cinco subcategorias. Vamos lá?

1) Placas de serviços auxiliares

As placas de serviços auxiliares indicam a presença de serviços como postos de gasolina, restaurantes e mecânicos, por exemplo, mais a frente na pista. Por isso, são mais comuns em rodovias.

Por outro lado, também existem as placas de serviços que indicam pedágios, bem como os valores das tarifas:

2) Placas de orientação e identificação

Na cor verde e com escritos em branco, as placas de orientação e identificação podem ser encontradas com facilidade nas rodovias.

Com elas, você poderá ter noção dos seus destinos – quais direções tomar para chegar até eles, bem como a distância do caminho.

3) Placas de atrativos turísticos

Quer pegar uma praia no final de semana ou conhecer aquele museu super famoso? A placa de atrativos turísticos com certeza vai te ajudar!

Como o próprio nome diz, as placas de atrativos turísticos servem para indicar os principais pontos turísticos de uma região.

Por isso, se você gosta de passear e conhecer lugares novos, esse tipo de placas de trânsito é para você!

4) Placas de eventos incomuns

As placas de obras indicam eventos incomuns na pista, geralmente ligados à obras. Alguns exemplos são: “Obras a frente”, “Estreitamento da pista”  e  “Máquinas na pista”. Confira:

5) Placas educativas

As placas educativas servem para orientar os motoristas sobre comportamentos adequados no trânsito.

Elas ajudam a lembrar coisas essenciais para motoristas e pedestres, ajudando – e muito – na hora de evitar multas e acidentes.

As mensagens mais comuns são:

  •       Verifique os freios;
  •       Use o cinto de segurança;
  •       Atravesse na faixa;
  •       Sob neblina, use luz baixa.

Para você não esquecer mais, fizemos um infográfico bem didático, olha só:

Conheça-os-4-principais-tipos-de-placas-de-trânsito (1)

Principais confusões entre placas de trânsito

Você já deve ter reparado que existem placas muito parecidas, não é mesmo?

Essa confusão entre o significado das placas de trânsito é normal, por isso te ajudaremos a entender, precisamente, o que cada uma delas representa.

Placa de pare: regulamentação ou advertência?

Talvez você ainda não tenha reparado, mas existem placas escritas “Pare” tanto na cor amarela quanto na vermelha. Mas e aí, qual a diferença entre elas?

A resposta é bem simples, basta lembrarmos do significado de placas de trânsito de regulamentação e placas de advertência.

Enquanto a placa vermelha, de regulamentação, impõe uma ordem (obrigação) ao motorista, a placa amarela, de advertência, alerta ao motorista que ele terá que parar mais adiante na pista.

Contudo, é bom lembrar que a placa amarela não descarta a necessidade da vermelha. Ou seja, sempre que uma placa de advertência alertar sobre a necessidade de parar mais a frente, haverá, também, uma placa vermelha indicando a obrigação de parar quando chegar o momento da ação.

Proibido estacionar x proibido parar e estacionar

Já reparou que existem duas placas de regulamentação muito parecidas, com uma indicação de proibição sobre a letra “E”?

Por mais semelhantes que pareçam, essas duas placas não são iguais, logo, não significam a mesma coisa.

Enquanto a placa da esquerda, com uma faixa apenas sobre o “E” quer dizer “Proibido estacionar no local”, a placa da direita, com o “E” coberto por duas faixas vermelhas formando um “X”, quer dizer que é “Proibido estacionar e parar no local”.

Qual a diferença entre parar e estacionar?

Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, Lei n° 9503 de 23 de setembro de 1977, parar um veículo significa imobilizá-lo durante tempo suficiente para embarque e desembarque de pessoas, retornando ao movimento depois disso.

Estacionar, por sua vez, é realizar qualquer outra imobilização do veículo por períodos mais longos e sem a necessidade de embarque ou desembarque imediato de pessoas.

Entendeu a diferença?

E aí, motorista, aprendeu um pouco mais sobre as placas de trânsito e suas principais funções?

Caso ainda possua alguma dúvida, deixe nos comentários que o Gringo te responde.  

Conte com o Gringo para acompanhar a situação do seu carro e CNH

O Gringo é um aplicativo que nasceu com o objetivo simplificar a vida do motorista brasileiro. E o que isso significa na prática?

Com o app Gringo, você consegue consultar e parcelar os débitos do seu veículo, como IPVA, licenciamento e multas em até 12x, ficar de olho e sempre por dentro da situação da sua CNH, como multas e pontuação. E tem mais!

Baixando o app, a gente te mantém atualizado sobre prazos das principais obrigações dos motoristas, como o pagamento do licenciamento, entre outras burocracias financeiras. 

Não perca tempo, baixe o app Gringo agora mesmo e simplifique a sua vida, motorista!

 

Fórum de discussão

2 respostas

    1. Oi amigo, tudo joia?!
      Sempre que precisar, conte comigo!
      Um abraço e #chamaOGringo🚗💙

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine para receber conteúdo exclusivo

O Super App que simplifica a vida do motorista! IPVA, CRLV, Licenciamento, CNH e mais.
O Super App que simplifica a vida do motorista! IPVA, CRLV, Licenciamento, CNH e mais.

Baixe o App do Gringo

  1. Mire a câmera do celular na imagem
  2. Você vai direto para a loja de aplicativos
  3. Clique em baixar app