Pesquisar
Close this search box.

O que é ANTT e como funciona o cadastro?

Olá, amigo motorista! Já sentiu dúvida sobre o que é ANTT? Pois não precisa se preocupar, o Gringo vai tirar sua dúvida. Basta ler este artigo!

Consulte aqui

Resolva os débitos do veículo de forma simples e rápida
Vamos enviar um código de confirmação no seu telefone para continuarmos. A confirmação do telefone é para garantir a segurança dos seus dados.

Consulte aqui os débitos do seu veículo

O que é antt

Olá, amigo motorista! Vamos começar já direto ao ponto: você saber o que é ANTT? Pois se você está procurando saber se existe um jeito de regularizar seu serviço de transporte de passageiros ou transporte de cargas, veio ao lugar certo! Os dois tipos de serviço precisam de cadastro no governo, conhecido popularmente como cadastro ANTT, e aqui você vai entender melhor como isso funciona.

O que é ANTT e como funciona o cadastro?

ANTT é Agência Nacional de Transportes Terrestres. É uma autarquia que foi criada em 2001 para fazer regulamento e fiscalização sobre transporte de carga e de pessoas no Sistema Nacional de Viação, entre algumas outras funções relacionadas a ferrovias e até dutovias.

É importante que cada empresa ou pessoa física complete seu cadastro ANTT para garantir segurança no trânsito, porque assim, os veículos passam por controle de peso máximo e também os passageiros podem viajar mais tranquilos, confiando no serviço legalizado.

Para que você faça o cadastro ANTT, é preciso entender qual o tipo de serviço que vai prestar, porque são cadastros diferentes: existe um registro para transporte de carga, e um registro para transporte de passageiros. São dois processos de documentação diferentes, e, graças aos novos sistemas digitais disponibilizados pelo governo, os dois podem ser feitos totalmente online.

Como funciona o cadastro ANTT para transporte de passageiros?

Primeiro, é importante saber que o cadastro ANTT é obrigatório no caso do transporte de passageiros remunerado. Assim, isso vale para vans escolares, ônibus fretados, viagens interestaduais e viagens internacionais, entre outros. Nesse caso, o cadastro ANTT será feito no sistema SisHab.

O site oficial do governo disponibiliza um manual completo para o usuário conseguir completar o cadastro pelo SisHab sem maiores dificuldades. Devem ser cadastrados os veículos, os motoristas e as empresas a realizarem transporte de passageiros. O manual destaca a importância de estar com as contas em dia com a ANTT. Então, caso você precise fazer cadastro no SisHab, não deixe de pagar nenhuma multa, porque isso impede o cadastro de ser finalizado, ok?

Para ficar com suas multas em dia, conte com a praticidade que só o app Gringo oferece na palma da mão! Verifique suas multas pendentes e conte com parcelamento da dívida.

Agora, se o transporte de passageiros não for remunerado, ou seja, se não tiver fins comerciais, o registro não é obrigatório, mas é altamente recomendado para que não seja confundido com transporte clandestino, caso seja fiscalizado na estrada. Para isso, o motorista ou responsável deve acessar o site de Transporte Próprio e fazer o cadastro antes da viagem. Ele deve comprovar vínculo familiar ou empregatício com os passageiros. Esse cadastro pode ser usado, por exemplo, se uma empresa oferece ônibus gratuito para seus funcionários se deslocarem para o local de trabalho.

Como funciona o cadastro ANTT para transporte de carga?

Assim como acontece no transporte de passageiros, o cadastro ANTT para transporte de cargas também só se torna obrigatório no caso de atividade com fins lucrativos. Assim, se uma empresa ou autônomo vai transportar produtos de clientes e vai cobrar por esse transporte, tem que registrar seu veículo. Mas, atenção, motorista: caso o transporte seja de carga própria, ou seja, sem remuneração, o cadastro não é necessário, ok? Agora, se uma empresa ou um autônomo faz transporte remunerado e também de carga própria, deve fazer, sim, o cadastro completo.

O cadastro ANTT para transporte de carga se chama RNTRC, Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas. O registro pode ser feito online aqui nesse site de forma totalmente gratuita. Também existe a opção de ser feito de forma presencial nos postos credenciados, mas, nesse caso, haverá cobrança de pagamento pelo serviço.

Pelo site do RNTRC, é possível fazer a inscrição no RNTRC, fazer o gerenciamento de frota, atualizar o cadastro, solicitar extrato ou certificado, gerenciar contratos de comodato, aluguel ou arrendamento de veículos rodoviários de cargas, com direito a tutorial escrito e em vídeo disponibilizados pelo governo federal.

O RNTRC tem validade de 5 anos, e deve ser atualizado sempre que tiver qualquer mudança no transportador ou veículo. Não é possível fazer o RNTRC se o responsável pelo cadastro tiver alguma multa em atraso, seja ela do Detran ou da ANTT. Além disso, se o RNTRC não estiver em dia, o motorista pode levar uma multa. Para ficar livre desse problema, conte com o app Gringo e pague suas multas parceladas.

Tem algum requisito mínimo para fazer o cadastro ANTT?

Para cada tipo de cadastro ANTT, seja de transporte de carga ou de passageiros, há uma lista diferente de requisitos.

Para transporte remunerado de carga, o transportador deve se encaixar numa dessas categorias:

  1. a) Transportador Autônomo de Cargas – TAC;
  2. b) Empresa de Transporte Rodoviário de Cargas – ETC, e
  3. c) Cooperativa de Transporte Rodoviário de Cargas – CTC.

No caso de transportador autônomo, precisa ser aprovado num curso especial de mesmo nome ou comprovar experiência mínima de 3 anos. Além disso, precisa estar com CPF ativo e com o RG em ordem. O transportador autônomo deverá estar com sua contribuição sindical em dia, contratar o seguro obrigatório RCTR-C e ser proprietário, coproprietário ou arrendatário de até três veículos automotores de carga categoria “aluguel” na forma regulamentada pelo CONTRAN. Pode ser, por exemplo, um utilitário leve (até 1,49t) ou furgão (1,5t a 3,49t), entre outras categorias habilitadas.

No caso das outras categorias, os requisitos são semelhantes, mas com cursos específicos para Responsável Técnico. As demais exigências podem ser verificadas nessa página.

Esses cursos atualmente podem ser encontrados na modalidade online, e existem instituições reconhecidas pelo governo que oferecem os cursos completos gratuitamente.

Mas para transporte de passageiros, o motorista deve ter, no mínimo, 21 anos, CNH na categoria D (para o caso de transporte de mais de 8 pessoas) e aprovação num curso de especialização regulamentador pelo Detran.

O que acontece se não fizer o cadastro ANTT?

A ANTT, além de regulamentar o transporte de carga e de passageiros, também é responsável pela fiscalização desses serviços. Caso um transportador seja flagrado realizando serviços clandestinamente, ele vai ser punido por meio de multa. Nesse caso, as multas não seguem as mesmas regras do Código Brasileiro de Trânsito pois a ANTT tem legislação própria. Então, motorista, você deve ficar atento pois é possível levar multas de mais de uma entidade governamental se estiver dirigindo em desacordo com as regras em rodovias federais e interestaduais.

As multas da ANTT podem variar de R$ 550,00 a R$ 10.500,00, de acordo com atualização recente de valores nessa página oficial. O setor que administra multas dentro da ANTT se chama GEAUT – Gerência de Processamento de Autos de Infração e Apoio às JARI. É com a GEAUT que motoristas devem falar caso queiram recorrer ou tirar dúvidas de alguma autuação.

Qual documento é de porte obrigatório no transporte de carga e de passageiros?

Se você fizer o cadastro ANTT corretamente, o registro RNTRC não é de porte obrigatório, mas o DACTe (Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico) e o DAMDFe (Documento Auxiliar do Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais) são, sim, de acordo com a resolução 4799 de 2015. Além disso, é necessário ter em mãos o contrato de transporte e a nota fiscal dos produtos transportados.

No caso de transporte de passageiros, o motorista deverá portar a licença de viagem (autorização de viagem) e a relação de passageiros durante todo o percurso nas viagens nacionais, e, no caso de viagens internacionais, deverá somar a isso a Certificado de Inspeção Técnica Veicular (CITV) e o Seguro de Viagem Internacional.

Como você pode ter notado, motorista, a ANTT procura manter os registros em ordem em nome da segurança de quem contrata os serviços de transporte. Por isso, caso seja um transportador de carga ou passageiros, mantenha seu cadastro em dia.

Se essa é sua primeira visita aqui no blog do Gringo, nós somos um aplicativo que tem como objetivo principal ajudar o motorista a sair da burocracia. Veja os serviços do app:

  • Pagar IPVA 2022;
  • Consultar situação da CNH;
  • Monitorar veículo.

Bacana, né?! Baixe agora e tenha esses e outros serviços no seu celular.

 
Muito bom, paguei meu IPVA no PIX, foi muito fácil. Bem melhor que ir em lotérica!

Fórum de discussão

Respostas de 15

    1. Muito obrigada pela contribuição, Mailson! Aqui no Gringo ficamos muito felizes que tenha gostado do nosso trabalho.
      Um abraço e qualquer dúvida #chamaOGringo 🚗💙

  1. É obrigatório o registro de transportes públicos? Por exemplo, no Município em questão, há caminhões, ônibus, etc. Por isso gostariamos de saber se há necessidade do registro deste veículos municipais.

    1. Olá, Matheus! Tudo bem?!
      Os únicos veículos de transporte que não precisam ser registrados no ANTT, seriam os veículos de carga própria, onde nunca cobram frete.
      Portanto os demais devem ser registrados para que estejam em regularidade.
      Um abraço e qualquer dúvida #chamaOGringo🚗💙

    1. Olá, Jackson! Tudo bem?!
      Que legal saber que gostou, amigo. Conte comigo para trazer sempre conteúdos incríveis como esse. Valeu por fazer parte dos milhões de motoristas que simplificam a vida com o Gringo.
      Um abraço e #ChamaOGringo 🚗💙

  2. Boa tarde! Para eu contratar o seguro obrigatório RCTR-C é preciso ter cadastro na ANTT? Minha transportadora de veículos não possui caminhões. Eu terceirizo o serviço. Grato!

    1. Olá, Adenilson! Tudo bem?!
      Tanto o cadastro na ANTT quando o seguro RCTR-C, são obrigatórios para transportes de cargas que recebem valores por seus serviços.
      Veiculos sem finalidade de remuneração, não possuem essa obrigatoriedade.
      Esse cadastro pode ser realizado de forma online e gratuita através desse link: https://portal.antt.gov.br/rntrc .
      Um abraço e qualquer dúvida #ChamaOGringo🚗💙

  3. tem uma cidade mineira.que uma empresa fãs…mas não coloca mais horários de ônibus eu quero fazer lá com uma vam…eu posso…..vou levar pessoas de minas para estado de são paulo.viagem de 40 minutos.o que preciso…..os alvarás das duas cidades eu consigo..pois a empresa deixa a desejar os prefeitos me dá de boa….tem caminhos aqui que as empresas não tem interesse em fazer são viagem de 1.30.h…eu posso fazer todos os dias umas 3 vezes ao dia.ou seja pegar a linha pra mim.

    1. Olá Eduardo, tudo bem?
      Para se tornar um motorista de van profissional habilitado, é necessário fazer curso teórico e avaliação psicológica. Para isso, é preciso procurar uma unidade SENAT em sua cidade ou centro de formação de condutores que ofereça a habilitação desejada.
      Segundo a lei nº 13.855, dispor de transporte remunerado não autorizado pode acarretar em infração gravíssima, com penalidade de multa aplicada em cinco vezes e medida administrativa de remoção do veículo. Então você precisará seguir um conjunto de procedimentos regulamentados pelos órgãos responsáveis pelo transporte rodoviário em seu estado e pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), no caso de transporte interestadual.
      Dentre os procedimentos, inclui o cadastro e obtenção de Autorização para Transporte Fretado (ATF), para fretamento contínuo. Na maioria dos estados brasileiros, você pode obter essa autorização através do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) ou a Secretaria de Transportes.
      Aconselho que entre em contato com os órgãos responsáveis por essa regularização no seu estado, para obter informações mais detalhadas sobre os procedimentos específicos da sua região, e sobre a eventual necessidade de alvarás específicos para obtenção da linha de transporte própria.
      Um abraço e qualquer dúvida #ChamaOGringo🚗💙

  4. oi bom dia, quais as situações que podem deixar uma ANTT no CNPJ como Situação: SUSPENSO CAUTELARMENTE?

    1. Olá Jeisli, tudo bem?
      Se o registro da sua empresa na ANTT está “SUSPENSO CAUTELARMENTE”, isso pode ser por documentação incompleta, falta de pagamento, infrações de transporte, veículos irregulares, problemas trabalhistas, violação ambiental, operação sem autorização, processos judiciais, ou não renovação do RNTRC.
      Para resolver, verifique o motivo com a ANTT, corrija as pendências e peça a revisão da suspensão. Entre em contato com a ANTT para orientações detalhadas de acordo com cada situação.
      Estou aqui para ajudar se precisar de mais alguma coisa!
      Abraços e #ChamaOGringo🚗💙

    2. Oi Jeisli, tudo bem? Isso aconteceu porque voce não realizou a revalidação ordinária prevista na Resolução ANTT nº 5.982, de 23 de junho de 2022.
      o portaldorntrc.com.br/revalidacao-ordinaria pode te ajudar, acredito.

  5. Bom dia. Tenho uma empresa de transporte com CNPJ e inscricao estadual, e trabalho com turismo. tenho uma Van Sprinter 2013\14. É possiivel legaliza-la junto à ANTT? Voces realizam esse serviço?

    1. Olá Jorge, tudo bem?!
      Sim, é possível legalizar sua van junto à ANTT. Para isso, você precisa seguir os procedimentos da ANTT, que incluem documentação e vistoria.
      No momento, não realizamos esse serviço, mas aconselho que procure uma empresa especializada em legalização de veículos de transporte. Boa sorte! 🍀
      Um abraço e qualquer dúvida #ChamaOGringo🚗💙

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine para receber conteúdo exclusivo