Bateram no meu carro, o que eu faço?

Batida de carro é algo bem comum no Brasil. Mesmo que você esteja parado, ou em baixa velocidade, ainda pode sofrer uma colisão causada pelo condutor de outro veículo. Aqui, vou te explicar tudo o que você precisa saber para encarar a situação. Vamos lá?
bateram no meu carro

Nessa hora são tantas coisas para se pensar e, com o susto, fica difícil de raciocinar direito para resolver essa situação, não é mesmo?

Por isso, antes de se questionar pelos cantos “bateram no meu carro, o que eu faço?”, é muito importante poder contar com o seu melhor amigo para te dar dicas de como agir após um acidente de trânsito.

Que bom que o Gringo, o melhor amigo do motorista, está aqui para tirar todas as suas dúvidas.

Quer descobrir se deve acionar a polícia sempre? E como evitar os prejuízos? Ou quer aprender algumas práticas para lidar com o motorista causador da colisão?

Ou ainda, tem interesse em saber mais sobre direção defensiva e como ela pode ajudar a evitar acidentes?

E que tal conhecer algumas técnicas de primeiros socorros, caso precise ajudar alguém na hora?

Continue lendo!

No final desse artigo você vai se sentir preparado para agir corretamente caso alguém bata no seu carro.

Passo a passo: o que fazer após uma batida de carro

Com certeza você conhece alguém ou você mesmo já passou por uma situação em que um veículo bateu no carro onde estava. 

Se esse assunto chamou sua atenção, pode se tranquilizar porque o Gringo, o melhor amigo do motorista, vai te ajudar a lidar com essa situação da melhor maneira possível.

Sem dúvidas é uma situação apavorante, principalmente ao pensar na sua segurança e a dos demais passageiros no momento da colisão.

Pode ser que esteja parado em um semáforo, trafegando em velocidade moderada e, de repente, um veículo colide com o seu. 

Seja por um desvio de algo na pista, uma troca de faixa mal calculada, uma frenagem mal sucedida, um problema mecânico ou mesmo desvio de atenção: são muitas as razões que podem ocasionar acidentes entre veículos.

Mas e aí, bateram no meu carro, o que devo fazer, Gringo? 

Chamar a polícia? 

Solicitar que ambos vão à delegacia fazer um boletim de ocorrência

Quais documentos meus e do veículo a polícia pode solicitar?

E o meu veículo? 

Quem vai arcar com o prejuízo? 

Como cobrar o pagamento do motorista que colidiu com meu veículo? 

Devo acionar meu seguro ou o de quem provocou a batida?

Viu quantas perguntas podem surgir nessa hora? 

É bem difícil pensar em todas as respostas com as emoções da situação.

Por isso que estou aqui para te ajudar a responder essas e outras perguntas para que, caso passou ou venha a passar por uma colisão.

Bateram no meu carro, o que fazer com o veículo?

Assim que ocorre uma colisão entre dois ou mais veículos é muito importante que todos os envolvidos parem e desçam do carro. 

Além de verificar se não houve vítimas que precisam de socorro é importante manter o veículo fora da pista, em local seguro, a fim de evitar novos acidentes.

Com o carro em funcionamento

Caso o veículo esteja em funcionamento é preciso que o retire do meio da via, pois além do transtorno já ocasionado pelo acidente, pode provocar novos.

Além disso, você pode até mesmo tomar uma multa, como prevê o artigo 178 do Código de Trânsito Brasileito (CTB), que define a segurança e fluidez da via como prioridade.

Não cumprir essa regra acarreta em uma infração média com multa no valor de R$ 130,16, além de 4 pontos registrados na Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

Então, se puder retirar o veículo do local do acidente e colocá-lo em segurança, evitará mais uma dor de cabeça.

Com o carro não funcionando

Em caso de pane mecânica ou elétrica, ou outro estado em que o veículo fique impossibilitado de se movimentar, devem ser acionados serviços de guinchos para retirar o veículo da via e direcioná-lo para locais onde não ofereçam riscos de acidentes.

Além do guincho do seguro de seu veículo, você pode acionar os serviços de trânsito da prefeitura, se estiver em perímetro urbano, ou rodoviário.

Enquanto o serviço de guincho não chega é preciso sinalizar devidamente e imediatamente o acidente posicionando o triângulo, que é um equipamento de segurança obrigatório.

Ele deve estar a pelo menos 30 metros do acidente, sempre na frente do carro, no sentido de quem vem em direção a ele.

Recomenda-se também manter o pisca-alerta ligado para avisar os demais motoristas.

Caso não atenda a essas recomendações, conforme previsto no artigo 225 do CTB, o motorista estará cometendo infração grave com multa de R$ 195,23 e 5 pontos na carteira.

Se houver vítimas, como proceder?

Caso haja pessoas feridas é necessário acionar serviços de emergência, de acordo com a necessidade. Listamos abaixo os telefones dos principais serviços de emergência em perímetro urbano e rodoviário:

  • Polícia Militar (ligue 190)
  • Polícia Rodoviária Federal (ligue 191)
  • SAMU (ligue 192)
  • Bombeiros (ligue 193)

Em acidentes com vítimas é importante preservar o local do acidente e não movimentar as pessoas feridas. 

Qualquer atendimento inadequado pode gerar sequelas severas. 

Algumas dicas de primeiros-socorros para proceder em acidentes com vítimas:

  • Primeiramente: mantenha a calma
  • Não movimente nenhum dos veículos envolvidos
  • Durante a ligação ao serviço de emergência ou ao desligar, siga as orientações da regulação médica
  • Se a vítima estiver consciente, procure tranquilizá-la

Como devo proceder em relação ao motorista que colidiu com meu veículo?

Antes de tudo é importante registrar as informações do veículo, tirar fotos da placa, anotar cor e modelo do veículo. 

Pois, em alguns casos, pode ocorrer do motorista que colidiu não parar ou se recusar a passar informações, ou até mesmo passar informações erradas.

Feito isso é recomendável uma abordagem amigável, buscando a melhor solução para ambos. 

Devo acionar qual seguro?

Caso o motorista que bateu no seu carro tenha seguro, poderá acionar o mesmo para pagar os reparos de seu veículo. 

No caso dele não ter, você poderá solicitar que o mesmo pague o valor da franquia da sua apólice do seu seguro e assim amenizar o prejuízo com os reparos.

Solicite ao motorista seus contatos e também os dados da CNH, sendo que o mesmo não é obrigado a fornecer.

Em alguns casos, se for necessário acionar sua franquia de seguros, as seguradoras, após localizarem o motorista que bateu no seu carro, conseguem com ele o reembolso das despesas com o sinistro.

Nesse caso, pode ocorrer o estorno desse valor e, dessa forma, você não fica no prejuízo. 

Para saber se a sua seguradora possui esse serviço, consulte seu corretor.

O que fazer caso o outro motorista não queira colaborar?

 É importante também que tire fotos dos dois veículos, caso necessite entrar na justiça para cobrança do pagamento dos prejuízos ou enviar informações para a seguradora.

Se o motorista que causou o acidente decidir fugir é importante que tenha anotado ou fotografado a placa do veículo.

Caso não consiga registrar a placa do veículo, as chances de localizá-lo diminuem consideravelmente.

Tendo câmeras na via que podem ajudar a identificar o veículo, você pode solicitar as imagens ao órgão de trânsito responsável para compor um processo judicial.

Essa informação é imprescindível para registro do boletim de ocorrência e também para informar à sua seguradora para que a mesma localize o carro e o proprietário.

Caso haja testemunhas no local do acidente, você pode consultá-las e verificar se dariam depoimento a seu favor em caso de um processo judicial.

Devo registrar boletim de ocorrência?

O boletim de ocorrência é um registro oficial dos fatos.

Nele você poderá descrever com detalhes o que aconteceu, informar os dados dos motoristas envolvidos, dos veículos, do local e das testemunhas, se houver.

Não é necessário se dirigir a uma delegacia para registrar um boletim de ocorrência por acidente. 

Você pode realizar diretamente no site da polícia civil, em caso de acidentes sem vítimas, e no portal da polícia militar, em caso de acidentes em rodovias.

O motorista causador do acidente também não é obrigado a  comparecer no registro do boletim de ocorrência do acidente, por isso é muito importante conseguir o máximo de informações sobre ele e o veículo.

Apesar de não obrigatório, o boletim de ocorrência poderá ser solicitado pela operadora de seguros ou dar início ao processo de reparação por meios judiciais.

Preciso chamar a polícia militar no local do acidente?

Se não houver vítimas, a polícia militar não comparecerá ao local do acidente, exceto nas seguintes situações:

  • Um dos motoristas esteja embriagado
  • Ocorreu agressão física entre as partes
  • Ocorreu danos ao patrimônio público

Nas seguintes situações o policial irá realizar o boletim de ocorrência no ato e irá registrar todas as informações necessárias. 

Ele poderá solicitar a CNH e CRLV dos veículos para registrar as informações no documento.

Em boa parte das situações acaba não sendo necessária a presença de um agente de segurança no local do acidente, podendo ser resolvido amigavelmente entre os motoristas e, como informamos acima, o BO pode ser feito de forma digital.

Dica extra: direção defensiva – dirija por você e pelos outros!

A maioria dos acidentes são ocasionados por falha humana. 

Mesmo sem vítimas, os transtornos e prejuízos gerados podem ser enormes.

Por isso é sempre importante relembrarmos algumas dicas da direção defensiva que ajudam a evitar colisões entre veículos e outros acidentes.

  • Ande em velocidade compatível com a pista e com as condições de clima e iluminação.
  • Não use o celular ao dirigir ou qualquer outro item que possa tirar sua atenção ao dirigir.
  • Mantenha uma distância segura de outros veículos, principalmente em situações com maiores riscos de acidentes como curvas, vias de alta velocidade e em condições adversas. 
  • Use os retrovisores com frequência para saber tudo o que está acontecendo ao seu redor.
  • Ultrapasse somente em locais permitidos nas condições e velocidade adequadas. E lembre-se: só é permitido ultrapassar pela esquerda.

Prontinho, agora você já sabe tudo o que precisa fazer caso batam no seu carro. 

E, se precisar de ajuda com outros assuntos relacionados ao seu veículo ou à sua documentação, #ChamaOGringo.

 

Fórum de discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine para receber conteúdo exclusivo

Baixe o App do Gringo

  1. Mire a câmera do celular na imagem
  2. Você vai direto para a loja de aplicativos
  3. Clique em baixar app