14 dicas de controle financeiro para motorista de aplicativo

É comum que o motorista de aplicativo tenha inseguranças em relação às suas finanças. No entanto, existem estratégias que proporcionam um pouco mais de tranquilidade.
controle financeiro motorista
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Ei, motorista, como vai?

Entender de que forma elaborar um controle financeiro para motorista de aplicativos é uma questão importante. Afinal, trabalhar sem um salário fixo garantido faz com que o gerenciamento das finanças se torne uma tarefa desafiadora, principalmente para quem não tem tantos conhecimentos sobre o assunto.

A boa notícia é que existem dicas incríveis que simplificam esse processo e contribuem para que as contas fiquem sempre no azul. Quer conhecê-las? Então, continue a sua leitura!

Organize os custos

Entender quais são os custos para realizar a atividade de motorista de aplicativo é a primeira dica desse planejamento. Entre os pontos que devem ser considerados, estão:

  • combustível;
  • revisões;
  • alimentação;
  • manutenção de rotina;
  • estacionamentos, entre outros.

Com a somatória desses valores, é possível identificar o valor diário para lucros e custos.

Separe os gastos profissionais dos pessoais

Outro segredo de controle financeiro para motorista de aplicativo é separar os gastos relativos ao trabalho dos pessoais. No caso desses profissionais, o ideal é ter um montante reservado para a manutenção do veículo, abastecimento, seguro, impostos e eventuais emergências.

Isso porque o ganho que adquirir com o carro precisa ser superior ao quanto gasta para mantê-lo. Então, é preciso separar o dinheiro que será aplicado com itens para realizar o seu trabalho — tanto para manter a organização quanto para compreender o que sobra para gastos pessoais.

Anote todas as receitas e despesas

Nesse caso, até as receitas e os gastos de valores menores precisam ser registrados no controle. Afinal, muitos motoristas não entendem qual é o impacto que essas quantias mais baixas têm sobre as finanças e acabam cometendo o grande erro de não anotá-las.

Veja um exemplo para entender melhor como essa diferença funciona: uma simples parada para um lanche custou R$ 8,00. Repetindo isso por 20 vezes em um mês, a conta sobre para R$ 160,00. No ano, esse lanche considerado barato vai representar um gasto de R$ 1.920,00 — um montante bastante significativo.

Antecipe determinados gastos

Outra questão importante quando falamos de dicas de controle financeiro para motorista de aplicativo é ter um cuidado especial e antecipar possíveis gastos.

Nesse tipo de situação, analise sua atuação como profissional. Todos os seus documentos, como o licenciamento 2021, estão em dia? Sua CNH está dentro do prazo de validade? Isso vai evitar que possa ser multado ou tenha o veículo apreendido por ter esquecido ou protelado a renovação dos documentos necessários para dirigir.

Estime os gastos extras

Existem algumas despesas que não podem ser consideradas como rendas fixas, mais que, mesmo assim, afetam o orçamento. Por exemplo, comprar uma capa confortável para colocar nos bancos do carro, já que a troca de passageiros a todo momento acaba fazendo com que o estofado suje com mais facilidade.

Dessa forma, fica mais fácil entender que os gastos extras podem surgir no decorrer do mês, o que gera a importância de criar uma reserva financeira por meio da definição de um valor fixo a ser juntado. É preciso salientar que o valor aplicado não pode ser superior ao limite definido.

Não gaste mais do que ganha

Tenha sempre em mente que, se fizer muitas compras pequenas e que parecem ser irrelevantes, os valores somados podem ocasionar surpresas desagradáveis no final do mês. Por esse motivo, antes de fazer qualquer compra, reflita bem se realmente necessita daquilo ou se é somente um impulso.

Realize essa prática com frequência e comece a reparar se esse comportamento vai se tornar frequente na rotina. Compre só o que for preciso e não exceda o orçamento disponível.

Ainda nesse contexto, o cartão de crédito pode ser um ótimo aliado para ajudar a parcelar algumas compras, porém, é preciso ter atenção e cuidado se for usado com frequência. Caso tenha total controle das atividades financeiras, é possível usar esse meio de pagamento com mais tranquilidade.

Agora, se não apresenta uma boa organização orçamentária, opte pelo pagamento à vista ou cartão de débito. Assim, vai gastar apenas o que realmente tem e evita que a fatura chegue no fim do mês com um valor muito acima do planejado.

Busque o combustível com melhor custo-benefício

O preço do combustível passa por variações frequentes no Brasil, o que acaba gerando uma diferença de preços entre os postos de combustíveis. Por isso, o ideal é sempre pesquisar opções durante o trajeto para identificar o melhor custo-benefício ou, até mesmo, a possibilidade de parcerias para diminuir os custos.

Além disso, dê preferência a locais conhecidos, que sejam de confiança, mas que apresentem valores mais acessíveis. Isso garante a qualidade do combustível usado e sua eficiência.

Faça refeições econômicas

É possível se alimentar de maneira saudável e ainda gastando pouco. Nesse caso, aproveite a dica anterior para encontrar os melhores locais para fazer as refeições.

Dessa forma, é possível evitar parar em restaurantes dos quais não conhece a política de preços e pagar mais caro. Uma boa alternativa é utilizar um isopor ou caixa térmica, por exemplo, para levar de casa sucos, frutas e demais alimentos frescos sem perder a qualidade.

Mantenha a direção defensiva

Manter a direção defensiva no trânsito é outra medida bastante eficiente. Ao tomar certos cuidados, evitam-se gastos com manutenção ou troca de peças. Além disso, manter o pneu calibrado conforme as orientações do fabricante aumenta sua vida útil de forma relevante e evita um gasto alto e não planejado para um determinado mês.

Também é preciso observar com atenção os limites de velocidade da estrada, levando em conta que, ao acelerar demais, o consumo do combustível é elevado. A seguir, vamos explicar melhor sobre esses fatores que devem ser analisados.

Esteja atento à calibragem dos pneus

Manter os pneus calibrados é fundamental tanto para a durabilidade dos itens quanto para um bom funcionamento do veículo e uma direção mais segura. Quando ocorre essa falta de calibração, os pneus acabam apresentando maior atrito com o solo, de forma que o motor realiza um esforço maior para movimentar o conjunto. Por esse motivo, há consumo maior de combustível.

Utilize as marchas adequadamente

Em alguns casos, pode acontecer de o motorista acelerar muito e superar o limite indicado para trocar a marcha do carro. Outro fato comum é não acelerar o suficiente. Nesse tipo de situação, a baixa velocidade faz com que o condutor tenha que diminuir a marcha e repetir o movimento de aceleração, fazendo com que também ocorra o aumento do consumo de combustível.

Sendo assim, tenha atenção para trocar as marchas apenas na hora adequada. Isso vai impedir acelerações desnecessárias ou perda de velocidade, pontos que geram impacto no orçamento — tendo em vista que o combustível está cada vez mais caro.

Respeite os limites de velocidade

Conduzir o veículo dentro dos limites de velocidade indicados é uma maneira eficaz de economizar combustível, levando em consideração que alterações súbitas de velocidade causam desgastes ao motor e, dessa forma, elevam o consumo.

Invista em um bom seguro para o veículo

Outra boa dica de controle financeiro para motorista de aplicativo é contar com um bom seguro. Pode até parecer que não, mas esse gasto mensal poupa um dinheiro significativo no futuro.

Pense no quanto um profissional que não tem assistência adequada tem que gastar ao passar por imprevistos, como panes mecânicas ou acidentes, principalmente aqueles com perdas materiais. Ou seja, quem não tem as coberturas suficientes para arcar com os danos provocados terá que desembolsar um montante alto para solucionar o problema.

Realize a manutenção preventiva

O primeiro aspecto a ser esclarecido é que a manutenção preventiva é mais barata que a corretiva, pois a quantidade de peças a serem trocadas antes de acontecer um dano ou defeito é menor do que depois da sua ocorrência. Ao colocar um veículo com problemas mecânicos para funcionar, gera-se o efeito dominó. Isso significa que um item defeituoso acaba estragando outro.

Como a manutenção preventiva é planejamento, é possível agendar para levar o veículo à oficina quando não estiver trabalhando, por exemplo, evitando que perca corridas importantes para dar um up no orçamento mensal.

No caso da corretiva, como o carro tem que ser levado às pressas, você pode perder um dia de trabalho que seria bastante produtivo, provocando ainda mais perdas.

Trate o financiamento do veículo

Muitos veículos usados pelos motoristas de aplicativos são financiados, e essa é uma questão sensível quando se refere à necessidade de separar um valor das corridas para pagar as mensalidades.

Faça o cálculo de quanto tempo será preciso para ter condições de recuperar o investimento para planejar a demanda de trabalho. Assim, a quantidade de parcelas e seus valores devem ser inseridos no planejamento.

Dessa forma, terá condições de compreender quanto dinheiro precisa entrar para quitar a dívida. Em um determinado momento, quando houver maior demanda de trabalho, calcule os benefícios de antecipar as parcelas do financiamento. Com isso, pode conseguir bons descontos nos juros, além de diminuir o período de endividamento. No entanto, só faça essa escolha se não for comprometer as suas finanças.

Tenha objetivos e metas

Ter controle e organização é importante, mas não é possível alcançar um resultado tão satisfatório se não souber aonde pretende chegar, não é mesmo? Por esse motivo, estabeleça metas e objetivos claros.

Por exemplo, comprar um carro mais novo para trabalhar? Ter dinheiro suficiente para não ficar tão preocupado com a imprevisibilidade de renda? Investir em uma previdência privada para ter uma velhice mais tranquila? Não importa qual seja o propósito, é necessário que ele seja pensado e que expectativas sejam traçadas sobre ele.

Coloque na ponta do lápis tudo aquilo que deseja e como pode conseguir por meio do seu trabalho. Veja como esse objetivo se enquadra no orçamento, fazendo uma análise do tempo que será necessário para dar certo.

Conte com a tecnologia como parceira

Com o avanço da tecnologia, diversos apps de controle financeiro para motoristas de aplicativos podem ser usados no planejamento. Eles também podem ser usados visando estimar entradas, saídas e quanto precisa guardar no período para ter capacidade de arcar com manutenções e gastos inesperados.

Afinal, são muito mais práticos, rápidos e eficientes quando comparados às planilhas do Excel. Entre eles, apontamos:

  • Drivvo: é um aplicativo que contribui no controle de combustível, abastecimentos, despesas (multas de trânsito, financiamento, IPVA, licenciamento, entre outros) e manutenções;
  • QuickBooks ZeroPaper: é uma ferramenta que ajuda no acompanhamento de receitas e despesas, possibilitando a substituição das planilhas de gastos, o que gera eficiência e simplicidade;
  • Carrorama: é um ótimo aplicativo para conseguir visualizar o que mais consome seu dinheiro no carro, por intermédio do fornecimento de gráficos fáceis de compreender.

Por meio desses e outros mecanismos, é possível organizar as tarefas, manter os gastos sobre o controle e, assim, garantir o alcance de melhores resultados com o seu plano elaborado.

Como pôde perceber, se deseja desenvolver um bom controle financeiro para motorista de aplicativo, existem várias práticas que podem ser colocadas em ação. A ideia é criar bons hábitos e organização, que vão permitir uma visão mais abrangente dos gastos e o que pode ser feito para minimizá-los.

No caso dos profissionais que não apresentam uma renda fixa mensal, não há dúvidas da importância desses cuidados. Com isso, garante-se uma vida mais estável, tranquila e longe de imprevistos que comprometam o orçamento.

Quer saber como o App Gringo pode ajudar nesse processo? Então, acesse nossa página agora mesmo e conheça as funcionalidades!

 
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Fórum de discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine para receber conteúdo exclusivo