O que é e como consultar o RENACH? Confira!

Entenda o que é RENACH e veja o passo a passo para consultar este número, assim como possíveis pendências presentes nele.
Como consultar o renach

Fala, motorista, tudo em ordem?

Que é necessário ter uma CNH ou PPD para dirigir em vias públicas você já sabe. Mas, existem algumas informações na sua carteira de motorista que vão além disso, como por exemplo, o RENACH, presente na carteira de todos os motoristas do país. Você já ouviu falar dele?

Se não, já alertamos que é muito importante saber do que se trata. E, por isso, seu melhor amigo Gringo vai te explicar tudo sobre o RENACH e como consultá-lo!

O que é RENACH?

O RENACH funciona como um banco de dados, onde estão armazenadas as informações de trânsito de todos os motoristas, aspirantes a motoristas e ex-motoristas do país.

Aliás, RENACH é a sigla para Registro Nacional de Carteira de Habilitação. E, por mais que o nome remeta à CNH (Carteira Nacional de Habilitação), o conceito do RENACH é muito mais abrangente.

Afinal, como dito, o RENACH não inclui apenas motoristas, mas pessoas que já foram um dia habilitadas, as que possuem PPD (Permissão para Dirigir) e também aquelas que estão iniciando o processo para se tornarem condutoras.

Por se tratarem de conceitos que podem gerar confusão entre as pessoas, vamos pontuar as principais diferenças entre a CNH, PPD e o RENACH.

RENACH, PPD e CNH: qual a diferença?

Bem, para responder a essa pergunta, é mais fácil começarmos distinguindo PPD de CNH. Quando se inicia o processo para primeira habilitação, é necessário passar por uma série de etapas, como exames médicos, CFC, aulas práticas e, por fim, o exame prático.

Após a aprovação no exame prático, o condutor recebe a Permissão para Dirigir (PPD), que tem validade de um ano. Se, durante esse período, o condutor não cometer nenhuma infração gravíssima, grave ou mais de uma média, estará apto a receber a CNH.

Assim sendo, a PPD é um documento de transição para a CNH. Já a CNH, por sua vez, é a Carteira Nacional de Habilitação, que tem como intuito confirmar a aptidão do condutor para dirigir veículos automotores da categoria apontada no documento. 

O RENACH, no entanto, é um sistema de informações sobre os condutores. Trata-se de um código presente na CNH, mas que é diferente do número de registro dela. Além disso, o RENACH reúne informações desde o momento em que a pessoa deu entrada no processo de habilitação. E também armazena dados de pessoas que tiveram a CNH cassada ou suspensa.

Resumindo: o RENACH contém todas as informações da CNH, mas a CNH não contém todas as informações do RENACH.

Como encontrar o RENACH na CNH?

Como dito, o RENACH é um código presente no documento da CNH. Ele pode ser encontrado no canto inferior direito do verso da carteira de motorista, logo abaixo do campo “Data de Emissão”.

Algumas CNHs contam com duas numerações na região citada. Nesses casos, o código do RENACH é referente à de baixo. 

Para facilitar, basta lembrar que o RENACH sempre terá nos dois primeiros caracteres as letras que indicam a UF (Unidade Federativa) em que a carteira foi registrada. Por exemplo, se sua CNH é de São Paulo, constará um “SP” no RENACH; se for de Minas Gerais, a sigla  “MG” e por aí vai.

Ainda, é importante ressaltar que o número de registro da CNH, na frente do documento, não tem nada a ver com o RENACH, localizado no verso. Não confunda, motorista!

Temos um vídeo tutorial explicando onde encontrar cada um desses números, inclusive como encontrar um terceiro: o código de segurança da CNH. Confira abaixo:

Para que serve o RENACH?

Por ser um sistema de armazenamento de dados, a principal utilidade do RENACH é auxiliar a atuação de órgãos de trânsito. Os órgãos citados podem ser, segundo o artigo 7° do CTB:

  • CONTRAN;
  • CETRANs e CONTRANDIFE;
  • DENATRAN e DETRANs;
  • Polícias Rodoviária Federal e Militar;
  • Órgãos municipais;
  • JARIs e DERs.

Através do sistema, os órgãos responsáveis podem acessar informações relevantes sobre a vida do condutor de forma fácil e rápida, sem muita burocracia. 

Assim, as autoridades podem averiguar com agilidade se o motorista está com as pendências em dia ou não. E essas pendências podem ser de alguns tipos, dentre os quais se destacam aquelas:

  • Ligadas à habilitação;
  • No tocante à multas e pontos na carteira;
  • Exames médicos.

Falaremos um pouco sobre cada uma delas antes de te ensinarmos a consultar o seu RENACH, motorista.

Informações de habilitação

Assim que uma pessoa dá início ao processo de habilitação, isto é, procura por uma autoescola e se matricula para iniciar as aulas teóricas, suas informações devem ser cadastradas no RENACH. 

Esses dados incluem dados cadastrais e informações do processo de habilitação, como os resultados nos exames teórico e prático. E quem prevê isso é o próprio Código de Trânsito Brasileiro, no artigo 140. 

Assim, ao consultar o RENACH desta pessoa, as autoridades saberão que se trata de uma aspirante a motorista, que ainda não conseguiu a PPD. 

E não podemos falar em habilitação sem falar de CNH, né? 

RENACH e CNH

Como já pincelamos anteriormente, o RENACH contém muitas informações sobre a CNH dos motoristas. Isso inclui dados cadastrais da carteira de motorista, como o endereço do condutor.

Além disso, constam outras informações a respeito da situação do documento: se ele está cassado, suspenso, em dia ou se precisa ser renovado.

Também constam no RENACH o histórico de penalidades e pontos na CNH. Mas reservamos um tópico especialmente para isso.

Registro de penalidades

Além da cassação e suspensão do direito de dirigir já citados, também é possível consultar no RENACH outras penalidades, como o registro de multas e pontos na CNH. 

Isso facilita ao órgão autuador saber quais penalidades aplicar no momento de uma infração. Isso porque reincidência de infrações de trânsito no período de 12 meses pode acarretar em punições mais rígidas, como o dobro do valor de uma multa, por exemplo.

Mas é importante frisar que as penalidades só poderão aparecer no RENACH após a negação do recurso sobre as autuações. 

Por isso, se você foi notificado, tem direito a recorrer à autuação antes que qualquer informação sobre a penalidade seja adicionada ao RENACH. Portanto, faça um bom uso do recurso, motorista!

Exames médicos

Outra categoria de informações que está disponível para consulta no RENACH é a de exames médicos. Eles são necessários no momento em que se inicia o processo de habilitação, de modo a atestar a aptidão física e mental do motorista para conduzir.

Além disso, também podem constar no RENACH exames que são pré-requisitos para conseguir a CNH especial, nos casos em que o indivíduo é uma pessoa com deficiência. A disponibilidade ou não varia de estado para estado, como veremos mais à frente.

Ainda, com a Nova Lei de Trânsito, uma das alterações no CTB foi que o RENACH passou a fazer o processo de exame toxicológico. Este tipo de exame agora é obrigatório para motoristas das categorias C, D e E a cada dois anos.

E essas não foram as únicas mudanças no que diz respeito à CNH. Confira o vídeo abaixo onde explicamos mais detalhadamente:

Como consultar o RENACH?

Consultar o RENACH é um processo fácil e rápido para os motoristas. Contudo, como adiantamos anteriormente, não são todas as informações presentes no sistema que estão disponíveis para os motoristas.

Isso porque a principal utilidade do RENACH é amparar a atuação dos órgãos legais de trânsito. Eles sim têm acesso integral aos dados do sistema. 

Mas, ainda é possível aos motoristas consultar algumas informações. E, como quem alimenta o RENACH na maioria das vezes é o Detran, que é um órgão estadual, existem algumas divergências nas quantidades de informações disponibilizadas em cada região.

Tendo isso em vista, o primeiro passo para consultar o RENACH é acessar o site do Detran em que sua CNH está registrada. Abaixo, listamos os Detrans de alguns estados:

Uma vez no site do Detran do seu estado, você deve:

  • Procurar pela seção de “Habilitação”;
  • Inserir o número do RENACH ou, em alguns casos, o número da habilitação;
  • Consultar as informações disponíveis.

E, pronto! Em alguns cliques, você pode ter acesso ao sistema RENACH.

Como consultar IPVA, licenciamento e débitos no RENACH?

A resposta é curta e pode soar desanimadora: não tem como realizar essas consultas no RENACH, motorista. 

Isso porque pendências como IPVA, licenciamento e débitos de multas são referentes ao veículo e não ao motorista.

Mas, seu melhor amigo Gringo não traria problemas sem apresentar uma solução, não é mesmo? 

E, se tratando de solução, já pensou o quão incrível seria poder consultar as informações da sua vida enquanto motorista, acessar débitos como IPVA, licenciamento e multas e ainda ter a oportunidade de pagar tudo em até 12 vezes?

Pois é, amigo motorista, o app Gringo é a solução que você estava esperando!

App Gringo: solução na palma da sua mão!

Com o app Gringo, você pode monitorar a situação da sua CNH constantemente, verificando a validade e até os pontos acumulados na carteira, tal qual uma consulta RENACH. 

Além disso, você também pode consultar o IPVA, licenciamento, pagar multas  e IPVA parcelados em até 12x e muito mais!

E o melhor, sem sair de casa, com a praticidade e rapidez que só um app de celular pode te oferecer. 

E aí, já cansou de enfrentar filas e burocracias? Então baixe logo o app e venha para o time Gringo!

 
              

Fórum de discussão

2 respostas

    1. Bom dia, Teruo. Essa consulta varia de estado para estado, é possível que com algumas atualizações essa consulta seja feita apenas no atendimento individual do Detran. Sendo assim, você consegue agendar virtualmente um atendimento presencial no próprio site do Detran no Paraná.
      Um abraço amigo. #ChamaOGringo🚗💙

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine para receber conteúdo exclusivo