Viajar de moto: destinos, logística e o que levar?

Viajar de moto é a paixão de muitos pilotos. Então, é necessário entender o que deve ser feito para tornar esse momento cada vez mais agradável e inesquecível.
viajar de moto

Quem usa moto para trabalhar já conhece bem a região por onde anda, mas que tal ir além e se aventurar por aí? Pilotar na estrada, conhecer lugares incríveis e ter a sensação de liberdade são alguns dos benefícios proporcionados para quem prefere viajar de moto.

No entanto, para aproveitar essa aventura de forma segura é importante conhecer os melhores destinos, utilizar os equipamentos e as roupas adequadas, elaborar um roteiro bem definido e compreender os principais cuidados que devem ser tomados.

Pensando nisso, reunimos informações relevantes que vão ajudar você a criar um planejamento eficaz para usufruir ao máximo das suas próximas viagens. Acompanhe!

Quais os melhores destinos para viajar de moto?

Existem vários lugares interessantes para quem deseja conhecer as belezas do Brasil. Sendo assim, separamos algumas opções que estão entre os melhores destinos para viajar de moto e dicas para aproveitar cada momento.

Rota do Sol

A Rota do Sol fica no estado do Rio Grande do Norte, que faz parte da região Nordeste. Por ser integrada por várias praias lindíssimas, uma dica é pegar a RN-063 (sul de Natal) e ir à praia da Pipa. Durante o trajeto, você pode conhecer as praias de Camurupim, Barreta, além de ter a chance de visitar o maior cajueiro do mundo, localizado no município de Pirangi.

São Paulo – Minas Gerais

Outra recomendação é realizar um percurso entre São Paulo e Minas Gerais. Ao longo da viagem, você pode aproveitar um roteiro cheio de curvas, serras e várias cidadezinhas, atraente pela variedade de tipos turísticos, seja rural, histórico ou de aventura.

Estrada das Hortências

Situada no estado do Rio de Janeiro, a BR-495 liga os municípios serrados de Teresópolis e Petrópolis, recebendo esse nome por conta das flores que ornamentam um dos seus trechos.

Saindo de Petrópolis, você tem a oportunidade de conhecer as cidades de Magé, Itaboraí, Tanguá e outras, chegando ao destino final, o município de Sana. Entre Itaipava e Teresópolis, se avistam os vales da Serra dos Órgãos, que ficam, em média, a 1.500 metros de altura.

Serra do Rio do Rastro

A Serra do Rio do Rastro é atravessada pela SC-390 e está situada na cidade de Lauro Müller, no sul do estado de Santa Catarina. São cerca de 12 km de serra, divididos em mais de 280 curvas de muita adrenalina e beleza.

O topo da serra se encontra a mais de 1.400m de altitude, onde é possível encontrar o mirante principal e uma vista incrível coberta pela Mata Atlântica preservada. Além disso, durante a rota você encontra outros monumentos, mirantes menores e, até mesmo, cachoeiras.

Rota Romântica

A Rota Romântica é um roteiro para viajar de moto que vai do Vale dos Sinos à Serra Gaúcha. Ao curtir a rodovia RS-239 é possível conhecer a história da colonização alemã e um total de 14 municípios que se encontram ao longo da rota e proporcionam diferentes experiências aos viajantes, como São Leopoldo, Nova Hamburgo, Gramado e Canela.

Nos dias mais quentes, as hortênsias surgem para trazer um colorido às paisagens, enquanto no frio os plátanos aparecem com suas folhas típicas caindo ao chão.

O que colocar na mala de viagem?

Diferente dos carros, a moto não tem tanto espaço para levar muitas coisas para a viagem. Dessa forma, é necessário separar apenas o básico para não carregar muito peso. Então, o ideal é escolher poucas peças de roupas e optar por tecidos que secam rapidamente. Assim, pode lavar a peça e esperar com que ela já esteja seca no outro dia.

A mochila é uma boa opção, que não deve ser grande demais. Ao escolher o tamanho, lembre-se de que, além das roupas, será preciso carregar o documento da moto e a documentação pessoal, dinheiro, itens de higiene e celular.

Que tipo de roupa usar para curtir a viagem de moto?

A vestimenta adequada também é fundamental no momento de viajar de moto, levando em conta que ela proporciona conforto durante o percurso e proteção, em casos de acidentes. Entre os acessórios que não podem faltar, estão:

  • jaqueta com proteção de ombro, cotovelos e coluna;
  • calça confeccionada com material de qualidade e resistente;
  • luvas que cubram toda a mão, preferencialmente as de couro e sem forro, já que absorvem o suor e mantêm as mãos frias;
  • botas de cano curto;
  • capacete confortável e resistente, com visão ampla e que proporcione a visualização lateral. Lembre-se de que se trata de um equipamento obrigatório, logo, não usá-lo culmina nas penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro, como multa para moto e pontos computados na CNH.

Quais são os acessórios que podem facilitar a experiência?

Existem alguns acessórios que podem ser usados para tornar essa experiência ainda melhor, por exemplo:

  • para-brisa: a pressão aerodinâmica que ocorre principalmente em viagens com velocidade por rodovias pode ser um fator prejudicial. Então, caso a moto não tenha nenhum tipo de para-brisa ou um defletor que desvie o vento em velocidade, contar com um equipamento desse tipo pode ser uma boa ideia para ter uma viagem mais prazerosa;
  • almofada em gel: passar horas pilotando costuma gerar um certo desconforto, especialmente pelo banco da moto não permitir muito a mudança de posição, certo? E se houver passageiro, complica um pouco mais. Sendo assim, a almofada em gel pode ser presa por meio de elásticos finos ou câmara de ar, proporcionando segurança e conforto.

Como aproveitar o melhor dos pontos turísticos do destino?

Para aproveitar melhor os pontos turísticos do destino durante a viagem de moto pelo Brasil, você pode adotar algumas práticas, como:

  • escolha e pesquise o destino: isso vai ajudar a aproveitar tudo que o lugar tem de melhor. Você também pode verificar quais são as cidades próximas, pedágios, estradas e clima da região;
  • verifique as atrações: pesquise o dia, a hora e quanto custa. Assim, você não perde a oportunidade de visitar nenhum lugar;
  • reserve os hotéis: com a data e o destino definidos, não se esqueça de reservar os locais de hospedagem. Caso não tenha decidido em quais cidades ficar, anote o nome e o endereço de alguns locais. Dessa maneira, fica mais fácil chegar ao local e ir direto até eles;
  • pesquise as comidas típicas: veja quais são as especialidades do local e alguns restaurantes para visitar.

Agora que você já sabe o que fazer para viajar de moto e aproveitar ao máximo o passeio, não se esqueça de que, além de colocar as dicas apresentadas em prática, é preciso ter alguns cuidados. Entre eles, dirigir com cautela, realizar paradas, manter a revisão em dia e ter atenção durante todo o percurso.

Gostou deste artigo? Então, compartilhe em suas redes sociais para que seus amigos também possam aproveitar as dicas!

 

Fórum de discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine para receber conteúdo exclusivo

O Super App que simplifica a vida do motorista! IPVA, CRLV, Licenciamento, CNH e mais.
O Super App que simplifica a vida do motorista! IPVA, CRLV, Licenciamento, CNH e mais.

Baixe o App do Gringo

  1. Mire a câmera do celular na imagem
  2. Você vai direto para a loja de aplicativos
  3. Clique em baixar app