Pesquisar
Close this search box.

Qual a diferença entre IPVA e licenciamento?

O IPVA e o Licenciamento são essenciais na regularização e conformidade dos veículos nas vidas públicas. Saiba a diferença entre eles!

Consulte aqui

Resolva os débitos do veículo de forma simples e rápida
Vamos enviar um código de confirmação no seu telefone para continuarmos. A confirmação do telefone é para garantir a segurança dos seus dados.

Consulte aqui os débitos do seu veículo

diferença entre IPVA e Licenciamento

Olá, motorista! Ter um veículo implica em diversas obrigações fundamentais para mantê-lo sempre atualizado. Mas são tantos processos, nomes e taxas diferentes para pagar, não é mesmo? Por exemplo, você sabe a diferença entre o IPVA e o licenciamento?

Embora sejam semelhantes e estejam relacionados, cada um tem sua própria finalidade e características específicas.

Para acabar com todas as dúvidas, preparamos este artigo que vai te ajudar a entender em detalhes o que é o IPVA e o licenciamento, e quais são suas principais diferenças. Confira!

O que é o IPVA?

IPVA é a sigla para Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor, uma taxa obrigatória cobrada anualmente. Esse é um dos principais tributos relacionados aos veículos e, por ser estadual, os valores da alíquota podem variar conforme a localidade.

A verba recolhida do IPVA serve para custear diferentes despesas estaduais, podendo ser destinada para áreas como saúde, educação ou segurança, ficando a critério de cada governo a sua finalidade.

Como é calculado o valor do IPVA?

O valor do IPVA é determinado com base no valor venal do veículo, também conhecido como “valor de tabela” por estar relacionado com a Tabela Fipe. No geral, cada estado determina uma alíquota sobre o valor do automóvel. Em São Paulo, por exemplo, ela é de 4%. Também fica a critério dos governos estaduais decidir quais serão as formas de pagamento e os prazos.

Se quiser um jeito mais fácil de saber o valor do IPVA do seu veículo, o Gringo te ajuda nisso. Com a nossa calculadora de IPVA, basta digitar o valor do seu automóvel e o estado em que ele está emplacado. Em poucos cliques, você já visualiza o valor aproximado de quanto terá que pagar de imposto.

O que é o licenciamento?

O licenciamento é um procedimento anual que todo proprietário de veículo deve realizar para ter o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) atualizado. Esse documento atesta que o veículo está de acordo com as normas de segurança e meio ambiente estabelecidas pelo órgão de trânsito.

Como é calculado o valor do licenciamento?

Para realizar o licenciamento, o proprietário deve pagar uma taxa, além de outros débitos pendentes, se for o caso. Esse valor é fixo e é determinado por casa estado.

Principais diferenças entre IPVA e licenciamento

Agora que já ficou esclarecido o que é o IPVA e o que é o licenciamento, vamos entender quais são as principais diferenças entre os dois. Veja só!

Utilidade do IPVA e do licenciamento

Enquanto o IPVA tem como finalidade principal a arrecadação de recursos para o estado, o licenciamento é um procedimento administrativo que valida a regularidade do veículo considerando as normas de trânsito.

É importante ressaltar que existe a taxa de licenciamento, que deve ser paga anualmente para que a renovação da licença seja feita, mas apenas o seu pagamento não garante que o veículo esteja regularizado. Para isso, todos os débitos devem ser considerados.

Destinação dos recursos arrecadados

Como mencionado, os recursos arrecadados com o IPVA são destinados ao estado e podem ser utilizados em diversas áreas, como educação, saúde, segurança pública e infraestrutura.

Já as taxas cobradas no licenciamento são direcionadas para os órgãos de trânsito responsáveis pela fiscalização e manutenção da segurança das vias, como o Detran.

Período de pagamento e vencimento

Tanto o IPVA quanto o licenciamento têm calendários específicos de pagamento, que são definidos pelos governos estaduais e determinam os prazos para os proprietários pagarem as taxas.

O calendário do IPVA, geralmente, começa a valer em janeiro e se estende ao longo do ano. No geral, cada estado estabelece um prazo de vencimento para o pagamento em cota única e diferentes datas para o vencimento das parcelas. Também é comum que cada veículo com finais de placas diferentes tenham prazos específicos para pagar o imposto.

Já o calendário do licenciamento costuma ser divulgado nos primeiros meses de cada ano. Ele estipula a data-limite para o pagamento da taxa, antes que os juros comecem a ser contados, e o prazo para finalizar o processo de renovação do CRLV.

Em alguns casos, ambas as datas coincidem, por isso, é necessário ficar atento às informações divulgadas pelo seu estado.

Consequências do não pagamento das taxas

O não pagamento do IPVA pode acarretar, principalmente, em juros por atraso, além de impedir a realização do licenciamento e da transferência de propriedade.

Já quem não pagar a taxa de licenciamento e, consequentemente, não finalizar o processo de regularização do CRLV, está sujeito a infração gravíssima de trânsito. Caso seja parado conduzindo o veículo, o motorista pode levar 7 pontos na carteira, multa de R$ 293,43 e até a apreensão do veículo, dependendo da situação.

Qual a diferença de pagamento entre o IPVA e licenciamento?

Cada um tem as suas particularidades e prazos específicos. Mas a principal diferença entre os dois é que o IPVA, no geral, pode ser pago em cota única ou parcelado, enquanto o licenciamento é pago à vista.

Com isso, a forma de pagamento também é diferente. A taxa de licenciamento é emitida no site do Detran, podendo ser paga diretamente pela internet ou em bancos e casas lotéricas. Também existe a possibilidade de pagar o licenciamento diretamente no aplicativo do Poupatempo para quem é do estado de São Paulo.

Já o processo para pagamento do IPVA pode ser feito de diferentes maneiras. É possível pagar o imposto pelo site da Secretaria de Fazenda ou Detran da sua região. Também há a possibilidade de realizar o pagamento diretamente no aplicativo da Carteira Digital de Trânsito (CDT) ou de bancos credenciados pelo seu estado.

Paguei o licenciamento, mas não paguei o IPVA, e agora?

Se você pagou o licenciamento, mas não fez o pagamento do IPVA, seu veículo ainda estará irregular perante as autoridades de trânsito.

O IPVA é uma das taxas obrigatórias que devem ser pagas para que o processo de licenciamento seja concluído. Por isso, não é possível regularizar seu carro sem que ambos (taxa de licenciamento e IPVA) estejam quitados.

Mantenha as suas taxas de trânsito em dia com Gringo!

Quer saber uma forma simples e sem burocracia de manter suas taxas de trânsito em dia? É só baixar o Super App do Gringo.

Com ele, você pode pagar IPVA e licenciamento do ano atual ou atrasados em até 12x no cartão de crédito. É tudo muito rápido e, em poucos cliques, é possível regularizar a situação do seu veículo.

Para fazer pagamentos, você pode contar com o Gringo nos seguintes estados: SP, PR, RJ, MG, RS, SC e DF.

Está buscando por conforto, eficiência e praticidade? Chama o Gringo, o melhor amigo do motorista!

 
Muito bom, paguei meu IPVA no PIX, foi muito fácil. Bem melhor que ir em lotérica!

Fórum de discussão

2 Responses

  1. olá boa tarde
    baxei o app gringo e até então via minhas dívidas de ipva e licenciamento
    aguardei receber meu pgto e qdo fui pesquisar novamente para pagar, no app diz “O DOCUMENTO PARA ESTE VEICULO NÃO É EMITIDO PELO GRINGO NO MOMENTO”. Estranho pois até mês passado aparecia toda a divida. Pode me explicar o que aconteceu por favor ? Muito obrigada, eu aguardo/ Ana Claudia

    1. Olá, Anna! Tudo bem?!
      Sinto muito por isso, amiga. 😟
      Quero entender melhor o que aconteceu e te ajudar.
      Neste caso, peço que por favor envie um e-mail para: [email protected] ou uma mensagem através do WhatsApp número 11910844653. Tenho uma equipe super preparada que poderá te ajudar!
      Um abraço e #ChamaOGringo 🚗💙

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine para receber conteúdo exclusivo