Combustível adulterado: saiba quais são os riscos e como evitar

combustível adulterado

Fala, motorista! Tudo joia? Abastecer o carro com combustível adulterado pode trazer grandes riscos para o veículo. Isso porque, dependendo da frequência que isso acontece, o motor pode até parar de funcionar.

Para te ajudar a evitar essa condição, separamos algumas dicas de como saber se a gasolina está adulterada, o que fazer nesse caso e como evitar essa prática. Além disso, detalhamos os principais problemas que a gasolina adulterada pode ocasionar. Confira!

Conheça mais sobre combustível adulterado

Afinal, o que é combustível adulterado? Também conhecido como “gasolina batizada”, esse tipo sofre alguma alteração do estado original. Geralmente, alguns solventes são misturados na substância para render mais para o comerciante.

O solvente mais usado é o álcool (etanol hidratado). Segundo a Agência de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o combustível deve conter no máximo 27% da substância. No entanto, no caso do combustível adulterado, o álcool é inserido de forma descontrolada.

Como saber se a gasolina está adulterada?

Para você identificar os sinais do carro quando a gasolina ou o etanol é adulterado, separamos algumas orientações que podem ajudar. A seguir, indicamos tanto soluções que devem ser feitas por um profissional quanto algumas que você mesmo pode realizar.

Teste de gasolina adulterada

O teste de gasolina adulterada é uma das práticas para identificar o combustível adulterado. Caso você suspeite da condição, faça o teste na mesma hora. A solução é ideal para medir o percentual de álcool na gasolina.

Adicione 50 ml de gasolina e 50 ml de uma mistura de água e sal. Em seguida, o etanol presente na gasolina será movido para água. Esse processo acontece em cerca de 15 minutos após a mistura das substâncias. Assim, é possível notar a separação e a quantidade de líquido.

Redução da potência

Outra forma de identificação é a perda de potência do automóvel. Isso porque, assim que o carro é abastecido com o combustível adulterado, o pedal do acelerador depende de mais aceleração para movimentá-lo.

Aumento do consumo

Outro sinal importante é o aumento exagerado do consumo de combustível. Se o seu carro está consumindo mais gasolina que ele precisa normalmente, provavelmente, foi abastecido com a substância de má qualidade.

Falhas no motor

Alguns veículos podem apresentar falhas no motor, trepidação e instabilidades na dirigibilidade. Isso acontece porque eles não identificam o combustível adulterado. Logo, o recomendável é levar o automóvel até um mecânico e esvaziar o tanque de forma segura, substituindo o conteúdo por uma composição de qualidade.

Entenda como denunciar o estabelecimento

combustível adulterado

Como denunciar combustível adulterado? O primeiro passo é pedir a nota fiscal do estabelecimento. Isso porque o documento assegura a denúncia caso a substância esteja alterada. Uma das formas de fazer isso é por meio da ANP, o órgão disponibiliza um canal para reclamações que pode ser consultado no site.

Além dessa possibilidade, o Ministério da Justiça e Segurança oferece um jeito de denunciar postos que apresentam a conduta. Nesse caso, é necessário informar o endereço do estabelecimento, a mudança de valor e uma foto da fachada.

Como evitar a gasolina adulterada?

Para evitar abastecer o seu veículo com gasolina adulterada, é preciso tomar alguns cuidados. Separamos algumas dicas que podem te ajudar a evitar prejuízos com a mecânica do seu carro.

Desconfie de preços muito baixos

Sempre questione valores muito abaixo do comum. Outro ponto importante é notar se existe mudança de preço para variantes aditivas. Além disso, o posto é obrigado a deixar o valor bem visível. Se esse não for o caso, desconfie.

Pergunte a origem da gasolina

É obrigação do posto informar qual é a origem do combustível. Por isso, caso ela não esteja aparente, pergunte para o responsável. Mesmo em casos de diversas distribuidoras, o estabelecimento deve informar o dado nas bombas.

Peça o teste de combustível adulterado

Como citamos acima, uma das formas de checar se o combustível está adulterado é por meio do teste. É direito do consumidor que o posto faça a prática quando solicitada. Por isso, sempre solicite o procedimento em caso de promoções.

Problemas causados pela gasolina adulterada

Além da desvantagem do gasto desnecessário, a gasolina adulterada gera diversos malefícios para o carro. Veja os principais:

  • ar poluído;
  • danos no sistema de alimentação;
  • peças ressecadas;
  • injeção eletrônica estragada.

Gringo: resolva todos as pendências de motorista em poucos cliques

Agora que você já descobriu como saber se a gasolina está adulterada, que tal facilitar sua vida de motorista com o aplicativo do Gringo? Com ele, é possível consultar IPVA, licenciamento, multas e pontos na CNH.

Além disso, você paga todos esses débitos em até 12 vezes no cartão de crédito ou à vista, no boleto ou no PIX. Evite filas, complicações e atividades burocráticas. Descomplique sua vida com o app do Gringo.

 

Fórum de discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine para receber conteúdo exclusivo

Baixe o App do Gringo

  1. Mire a câmera do celular na imagem
  2. Você vai direto para a loja de aplicativos
  3. Clique em baixar app