Quais são as categorias da CNH? [Guia definitivo]

Veja quais são as categorias de CNH presentes no Brasil, o que cada uma delas te permite dirigir e confira um passo a passo para tirar a sua.
categorias da cnh

No Brasil, nós temos cinco categorias diferentes de CNH, além da ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotores). Cada uma delas permite ao motorista conduzir determinado tipo de veículo, com especificações e requisitos distintos. 

Por isso, é natural que essa “sopa de letrinhas” das CNHs confunda os motoristas ou quem está pensando em tirar a primeira carteira de habilitação. Para acabar com todas a suas dúvidas, o Gringo elaborou um conteúdo que serve tanto para nortear sobre os principais pontos de cada categoria quanto te ajudar com o passo a passo de como tirar a primeira habilitação ou inserir uma nova categoria.

Vem com a gente que te explicaremos tudo agora!

Quais são as categorias da CNH?

No Brasil, são cinco as categorias presentes na Carteira Nacional de Habilitação, além da ACC. Vamos entender o que são cada uma delas:

ACC

A Autorização para Conduzir Ciclomotores ou ACC, permite ao motorista dirigir veículos ciclomotores. E, segundo Resolução do Contran, ciclomotor é um veículo com as seguintes especificações:

Deve possuir duas ou três rodas, ter um motor de combustão interna, com a cilindrada máxima de 50 cm³ ou motor de propulsão elétrica com potência máxima de 4 kW e uma velocidade máxima de fabricação que não ultrapasse os 50 km/h.

Caso você queira dirigir as famosas motos elétricas que estão em alta nas ruas do Brasil, saiba que é necessário tirar a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) ou então a carteira de habilitação categoria A. 

CNH A 

A CNH categoria A permite ao motorista a dirigir veículos motorizados de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral e que possuam mais que 50 cilindradas;

Os veículos mais comuns que você pode pilotar com a CNH A são as motos e as motocicletas. Mas também é permitido conduzir motonetas, triciclos e ciclomotores da categoria AAC.

Veja que uma das principais diferenças entre a ACC e a CNH A é o número de cilindradas do veículo – Até 50 cilindradas para a primeira e qualquer cilindrada para a carteira de habilitação A.

CNH B

Considerada, junto com a CNH A, a carteira de habilitação mais popular do país, a categoria B te permite dirigir veículos de quatro rodas, com até 3,5 toneladas de peso bruto total e capacidade para até oito passageiros, além do motorista, os famosos carros de passeio, veículos utilitários e as camionetes.

Com a CNH B ainda é permitido acoplar reboques e semirreboques, desde que eles não excedam o peso ou lotação máximos explicados no parágrafo acima.

CNH C

A CNH C permite ao motorista dirigir uma série de veículos: 

Todos os automóveis presentes na categoria B e veículos de carga, com mais de 3,5 toneladas de peso bruto total, como caminhões, tratores, máquinas agrícolas e de movimentação de carga.

Por este motivo, é importante lembrar que as exigências para tirar a CNH C são um pouco rígidas do que a ACC, CNH A ou B. Para começar, é necessário ter, no mínimo, 1 ano de experiência dirigindo com a CNH B (por isso ela permite ao motorista conduzir todos os veículos desta categoria).

Embora seja permitido dirigir caminhões com a CNH C, existem alguns veículos específicos que não fazem parte desta categoria. São eles:

Veículos articulados: carretas, os ônibus, trens, bondes, locomotivas a vapor etc;

Veículos de transporte de passageiros: com a CNH C, você pode transportar apenas cargas, como animais vivos, grãos, contêiner, entre outros.

Que tal assistir ao vídeo do nosso canal sobre a Categoria C?

CNH D

A carteira de habilitação D é uma das categorias que possuem mais pré-requisitos para dar início ao processo de admissão, ficando atrás apenas da CNH E.

E faz sentido mesmo, afinal a CNH D permite ao motorista dirigir veículos que transportem passageiros com capacidade para mais de 8 pessoas, sem contar o motorista e isso contempla veículos como os ônibus, micro-ônibus, vans, além de todos aqueles presentes nas categorias B e C.

CNH E

A CNH E é a categoria que permite ao motorista dirigir a maior variedade de veículos dentre todas que pontuamos acima.

Com a carteira de habilitação E em mãos, você pode pilotar todos veículos pertencentes às categorias B, C e D. Contudo, ela não te permite dirigir os veículos da categoria A, nem os da ACC.

Ou seja, ter a CNH E em mãos não te permite dirigir motos, ok?

Categorias da CNH

O que é necessário para tirar uma CNH?

Existem alguns requisitos necessários e específicos para poder dar início ao processo de habilitação nas seis categorias listadas acima. Confira quais são as condições para cada uma delas:

Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) CNH A e B

Para dar entrada na ACC e nas habilitações categoria A e B, é necessário:

  • Ter pelo menos 18 anos;
  • Saber ler e escrever;
  • Possuir Carteira de Identidade (RG) ou outro documento equivalente;
  • Possuir CPF (Cadastro de Pessoa Física);

CNH categoria C

A carteira de habilitação C, por sua vez, possui mais pré-requisitos. São eles:

  • Possuir idade mínima de 19 anos;
  • Ter pelo menos 1 ano de habilitação na CNH categoria B;
  • Não ter levado multa por infração grave ou gravíssima e não ser reincidente em multa por infração média nos últimos 12 meses;

CNH categoria D

Para a CNH D, são os seguintes critérios:

  • Ter pelo menos 21 anos;
  • Experiência mínima de 2 anos na CNH categoria B ou 1 ano na CNH C;
  • Não ter levado multa por infração grave ou gravíssima e não ser reincidente em multa por infração média nos últimos 12 meses;

CNH categoria E

Por fim, a carteira de habilitação E exige do motorista:

  • Ter pelo menos 21 anos;
  • Experiência mínima de 1 ano com a CNH C ou D;
  • Não ter levado multa por infração grave ou gravíssima e não ser reincidente em multa por infração média nos últimos 12 meses;

Quanto custa para tirar uma carteira de habilitação?

O preço para tirar uma CNH pode variar consideravelmente para cada uma das categorias, além de sofrer a influência dos preços aplicados em cada estado. 

Independente do tipo de CNH que você queira tirar, os custos serão geralmente distribuídos entre:

  1. Exame toxicológico (necessário para as categoria C, D e E);
  2. Exame psicotécnico e de aptidão física e mental;
  3. Custos com a autoescola, também conhecida como CFC (Centro de Formação de Condutores);
  4. Custos com o DETRAN;
  5. Depois de ser aprovado em tudo, é preciso pagar para emitir a sua carteira nacional de habilitação.

Levando em consideração todos os tipos de custos mencionados acima, temos a seguinte referência de preços para cada categoria de habilitação, consultando algumas faixas de valores aplicadas estado de São Paulo:

  • Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC): R$ 1.000,00;
  • CNH A: R$ 2.400,00;
  • CNH B: R$ 2.400,00;
  • CNH C: R$ 3.150,00;
  • CNH D: R$ 1.750,00;
  • CNH E: R$ 2.000,00.

Esses valores podem variar bastante, a depender da região onde você se encontra, motorista. Por isso, uma dica importante é orçar em diferentes autoescolas e pedir descontos.

Quanto tempo leva para tirar uma CNH?

Para qualquer uma das cinco categorias da cnh mais a ACC, o prazo é de 12 meses, após dar início ao processo. Contudo, não significa que você levará um ano para tirar a sua carteira de habilitação ou ACC, pode ser bem mais rápido.

Contando com todas as etapas pontuadas no tópico acima e pensando que os processos serão feitos com agilidade, um prazo médio para ter sua CNH emitida e em mãos é de 90 dias. Se você tiver disponibilidade para realizar todas as aulas e passar nos exames de primeira, o tempo pode ser ainda menor.

Confira o passo a passo para tirar a sua CNH

Tanto para tirar a primeira carteira de habilitação quanto inserir uma categoria nova na sua CNH, é necessário seguir cinco principais etapas. Passaremos por cada uma delas agora. Vamos lá?

Escolha uma autoescola ou CFC

Primeiro você precisa consultar e orçar o valor exato para tirar a CNH ou adicionar uma nova categoria no seu documento. Para isso, procure por um Centro de Formação de Condutores (CFC) também chamado de autoescola.

Tenha em mãos os seguintes documentos:

  • Carteira Nacional de Habilitação ou RG e CPF do condutor – original e uma cópia simples;
  • Comprovante de endereço – com validade até três meses anteriores à apresentação na autoescola.

Por questões de segurança pesquise no DETRAN do estado onde mora quais são os CFCs certificados na sua cidade ou região. 

Faça os exames requeridos

Para tirar a primeira CNH ou adicionar a categoria A ou B no seu documento, você precisa realizar os exames de aptidão física e mental. A partir da CNH C, além destes dois exames, também é necessário realizar o teste toxicológico.

A Lei Federal 13.103, também conhecida como Lei do Caminhoneiro, tornou obrigatório a realização do exame toxicológico aos condutores das categorias C, D e E, independente de exercerem atividade remunerada com a CNH. O exame precisa ser realizado a cada 2 anos e meio. 

Uma dica do Gringo é pedir indicações de clínicas aptas a realizar estes exames nas próprias autoescolas que você entrou em contato.

Curso e prova teóricas

Se o objetivo é tirar a primeira habilitação, e aqui estamos falando das categorias A e B, é necessário realizar 45 horas de aulas teóricas, sobre temas como direção defensiva, primeiros socorros, mecânica básica, meio ambiente, entre outros.

Após cumprida a respectiva carga horária, chegou a hora de fazer a prova teórica. São 30 questões, sendo necessário gabaritar pelo menos 70% da prova, o que corresponde a 21 acertos.

Já para adicionar uma categoria na CNH não é necessário realizar o curso teórico novamente. Basta cumprir com 20 horas de aulas práticas focadas nos tipos de veículos específicos da categoria em questão.

Caso a pessoa já possua a CNH C, D ou E e deseja adicionar a categoria A, também será preciso realizar o exame toxicológico.

Aulas práticas

Tanto para tirar a primeira CNH ou adicionar uma nova categoria, é necessário fazer no mínimo 20 horas de aulas práticas antes da tão esperada prova prática. Caso você não se sinta confortável em ir para a prova prática com esse número mínimo de horas praticadas, basta solicitar com a autoescola a realização de mais horas de aula. Obviamente que novos custos poderão ser aplicados, motorista.

Prova prática

Finalizadas as aulas práticas, o último passo para tirar a CNH ou adicionar uma nova categoria é realizar a prova prática.

Em torno de até 15 dias após a aprovação na prova prática, o motorista recebe ou a carteira provisória, caso esteja tirando a primeira CNH ou atualização da carteira de habilitação com a adição da nova categoria.

E aí, motorista, entendeu um pouco mais sobre os tipos de CNH e como fazer para tirar ou adicionar uma nova categoria no seu documento?

Se ainda tiver alguma dúvida ou curiosidade sobre o tema, deixe para a gente nos comentários que te responderemos.

Veja como o Gringo consegue simplificar a sua vida

Você sabia que com o Gringo é possível – e muito prático – consultar o IPVA e licenciamento do seu veículo, ver se possui pontos na Carteira de habilitação, pagar multas parceladas em até 12x e muito mais!

Não perca tempo, baixe agora o app da Gringo e experimente a sensação de ter o controle da sua vida como motorista na palma da mão! 

 

Fórum de discussão

2 respostas

    1. Opa Ellen, tudo joia?
      Siim, amiga! Com a categoria D, o condutor pode dirigir ônibus, micro-ônibus e vans. Além dos veículos que fazem parte das categorias B e C, belezinha?
      Um abraço do #SeuAmigoGringo🚗💙 e qualquer dúvida, é só chamar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine para receber conteúdo exclusivo

O Super App que simplifica a vida do motorista! IPVA, CRLV, Licenciamento, CNH e mais.
O Super App que simplifica a vida do motorista! IPVA, CRLV, Licenciamento, CNH e mais.

Baixe o App do Gringo

  1. Mire a câmera do celular na imagem
  2. Você vai direto para a loja de aplicativos
  3. Clique em baixar app