5 dicas para evitar o roubo de carros

Roubo de carros

Quando adquirimos um bem de valor, como um veículo, tudo que queremos é poder usufruir da nova aquisição em total segurança. O problema é que o motorista no Brasil convive com o medo do roubo de carros a qualquer hora do dia ou da noite, seja ao estacionar em algum ponto da cidade ou até mesmo em um assalto — o que é ainda pior! 

Para minimizar o risco, é preciso conhecer alguns detalhes que podem ajudar a manter os criminosos longe do veículo. Também existem formas de reduzir o prejuízo ou evitar burocracia, caso não seja possível evitar um incidente, principalmente se você utiliza o carro como fonte de renda. 

Ao longo deste artigo, vamos apresentar boas práticas, das mais simples às mais elaboradas, para garantir segurança ao veículo. Também vamos apresentar um panorama de roubos de carro no Brasil nos últimos anos.

Continue com a gente para saber mais a respeito e se proteger da ação de bandidos.

Panorama de roubo de carros no Brasil

Não é novidade para ninguém que a pandemia mexeu com a situação econômica e com as relações sociais de diversas formas. No entanto, ao contrário do que se poderia imaginar, no ano de 2020, no auge da pandemia, o número de furtos e roubos diminuiu no Brasil, como consequência do isolamento social. 

Dados do Observatório de Segurança Pública de Minas Gerais apontam que, em 2020, o número de roubos caiu 36,30% (com quase 20 mil ocorrências a menos, em relação a 2019) e o de furtos reduziu 22,01% (60 mil crimes a menos, no comparativo com o ano anterior).

Passada a fase mais crítica da incidência da Covid-19, com o retorno da população às suas atividades habituais, esse cenário começou a se modificar. Informações do Instituto de Segurança Pública (ISP) amplamente divulgadas pela mídia revelam que em 2021 houve um aumento expressivo de veículos no Rio de Janeiro.

Em comparação ao mesmo período de 2020, em abril, houve um aumento de 14%. Já em maio de 2021, foram 26% a mais de veículos roubados, também em comparação ao ano anterior. Na comparação entre agosto de 2020 e agosto de 2021, o aumento foi de 17,8%. 

1. Ranking dos carros mais roubados em 2021

O que muitas pessoas não sabem é que alguns modelos de veículos são mais furtados que outros. Os motivos são variados, mas podemos destacar a facilidade para revender as peças no mercado negro e a busca por automóveis que não chamam muita atenção.

Ou seja, se você é proprietário de algum dos veículos presentes no ranking dos mais roubados do país, vale a pena redobrar a atenção. 

Confira a lista dos 10 carros mais furtados em 2021 divulgada pela Susep (Superintendência de Seguros Privados): 

  1. Peugeot 307;
  2. Fiat Siena;
  3. Fiat Mobi;
  4. Fiat Bravo;
  5. Chevrolet Captiva;
  6. Volkswagen Amarok;
  7. Fiat Palio Weekend.
  8. Fiat Linea;
  9. Mercedes-Benz Sprinter;
  10. Renault Master.

Cuidados para evitar o roubo de carro

Como você viu, tem ocorrido um aumento no número de furtos de carros em todo o país, e não sabemos quando esses índices vão começar a melhorar. Então, como proprietário de veículo, você deve se resguardar ao máximo para proteger o seu patrimônio. A boa notícia é que algumas ações simples podem fazer toda a diferença.

Continue acompanhando!

1. Estacione em locais apropriados

Se você está acostumado em parar em vias públicas, é provável que já tenha atenção a essa primeira dica. No entanto, não custa reforçar o que é necessário observar na hora de estacionar o seu veículo.

Procure parar o carro o mais próximo possível do seu destino final. Ou seja, se você vai até um ponto comercial, certifique-se de deixar o veículo dentro do seu campo de visão para que consiga identificar rapidamente qualquer movimentação suspeita. Mas atenção: se você vai parar o carro à tarde em uma rua com comércios, procure saber como fica a região ao final do expediente, já que muitos centros urbanos ficam ermos no período da noite. 

Observe se a rua é bem iluminada e evite parar próximo a esquinas, árvores e postes, já que um bandido pode se esconder nesses pontos cegos e fazer uma abordagem assim que você retornar para o carro. Sempre que possível, também é recomendado estacionar perto de guaritas e observar se há câmeras de segurança monitorando o local. 

Caso você não consiga encontrar um local com todos esses requisitos ou considere que a via é muito pouco movimentada, o ideal é procurar um estacionamento pago. Economizar nessas horas pode sair bem caro. 

2. Não deixe objetos expostos

Nunca deixe objetos de valor — como notebook, celular e bolsa — nos bancos do carro, pois esse é um dos motivos que mais levam a arrombamentos. Na verdade, até mesmo uma sacola vazia ou uma simples compra de supermercado pode ser suficiente para atrair a curiosidade de um criminoso. 

Também vale a pena ter atenção a outros itens, como suportes de GPS e de tablet, adaptadores e carregadores de celular etc. Afinal, esses são indícios de que podem haver objetos de valor no interior do carro ou com o proprietário. Cadeirinha de bebê e aparelhos de som também merecem atenção.

Procure criar o hábito de sempre acomodar seus pertences e compras no porta-malas. Mas atenção: faça isso assim que entrar no carro, e não após estacionar. Tenha em mente que pessoas mal intencionadas podem estar à espreita, procurando uma oportunidade para agir. 

3. Utilize dispositivos de segurança visíveis e modernos

Certos equipamentos de segurança, além de serem eficazes no impedimento do roubo, têm a função de afastar o bandido apenas por estarem presentes. Alguns exemplos são trancas e correntes de direção, alarme e rastreador.

Ao instalar esses dispositivos, tente deixá-los bem à mostra, justamente para inibir a ação dos ladrões. Afinal, é preciso pensar duas vezes antes de se arriscar no furto de um veículo bem-protegido. 

Outra boa estratégia é apostar em dispositivos de segurança modernos, como bloqueadores de ignição, rastreadores e localizadores. Dessa forma, fica muito mais fácil recuperar um veículo que já foi roubado. 

4. Não cole adesivos com informações pessoais

Adesivos com o nome da faculdade, com informações sobre viagens ao exterior e até mesmo que identifiquem alguma marca usada por mulheres podem ser boas pistas para um criminoso.

Não entendeu o motivo? Bom, é que, ao colocar na traseira do carro a logo de uma faculdade privada, por exemplo, alguém pode deduzir que o proprietário tem bom poder aquisitivo. O mesmo vale para ilustrações que indicam visitas a NY, Europa etc.

Adesivos que remetem ao universo feminino também podem indicar que o condutor é uma mulher. Se o objetivo for um assalto, o criminoso pode considerar esse alvo mais vulnerável. 

5. Tenha certeza de que o carro foi fechado

Certamente você toma o cuidado de fechar o carro toda vez que estaciona. Mas você confere se os vidros foram fechados e se as portas estão realmente travadas? Tenha sempre em mente que a tecnologia pode falhar e um vidro ficar aberto pela metade, por exemplo. Então, mesmo ao fazer paradas rápidas, não deixe de checar se você não está deixando o veículo de bandeja para os criminosos. 

Poucas coisas são piores do que investir em um bem de valor e ver ele ir embora em um ato criminoso, não é mesmo? Felizmente, com algumas ações simples é possível aumentar a segurança do automóvel e manter os bandidos bem longe. É claro que nem sempre a prevenção será suficiente para evitar um roubo. Por esse motivo, é que também devemos nos resguardar em relação aos nossos dados e documentos, para que o transtorno não seja ainda maior.

Coloque em prática nossas dicas, seja cuidadoso no seu dia a dia e, sempre que puder, invista em equipamentos de segurança. Faça a sua parte e fique tranquilo para usufruir do seu carro, seja passeando ou trabalhando. 

Sobre o Gringo

O Gringo é o app que nasceu para descomplicar a vida do motorista brasileiro. Em poucos cliques, você consegue realizar aqueles serviços burocráticos e chatinhos de forma prática e totalmente segura.

Instale o Gringo gratuitamente no seu celular, seja Android ou iOS, e passe a monitorar suas multas e a pontuação da CNH, fique por dentro das datas de vencimento e valores de IPVA, DPVAT e taxa de licenciamento, parcele os débitos em até 12 vezes e guarde o seu CRLV digital diretamente no app!

 

Fórum de discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine para receber conteúdo exclusivo

Baixe o App do Gringo

  1. Mire a câmera do celular na imagem
  2. Você vai direto para a loja de aplicativos
  3. Clique em baixar app