Blitz policial: o que esperar de possível abordagem?

Parar em uma blitz de trânsito é uma situação em que todos os condutores de veículos estão sujeitos a passar. Mas você sabe como agir nesse caso?
blitz policial

Muitos motoristas ficam apreensivos só de pensarem em ser parados em uma blitz policial. Ter esse medo é normal, porém, é importante manter os documentos legalizados, as manutenções em dia e demais fatores que vão contribuir para que a abordagem ocorra de forma tranquila.

Além disso, esse cuidado permite que você fique livre da aplicação de multas e outras penalidades, podendo continuar a sua viagem sem qualquer problema.

Mas você sabe como se comportar durante a blitz e evitar problemas e mal-entendidos? Então, leia este artigo para ver as dicas que preparamos!

1. O que é a blitz policial?

Também conhecida como blitz de trânsito, estamos falando de uma batida policial que ocorre sem aviso prévio. Sua finalidade é impedir a ocorrência de qualquer tipo de ilegalidade, identificar motoristas que dirigem sem documentação regular, além de manter a segurança das vias públicas.

Geralmente, a blitz é montada de maneira estratégica como forma de evitar que os motoristas consigam desviar por meio de acesso a outras ruas. Sua realização é de competência da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal.

2. Para que ela serve?

A blitz policial serve para flagrar infrações e crimes de trânsito e encontrar irregularidades com o veículo, por exemplo, roubo ou carga de contrabando. Também busca coibir o desrespeito à legislação e conscientizar os condutores a respeito da importância das normas de trânsito.

3. O que costuma ser solicitado pelos profissionais no ato da abordagem?

Normalmente, a primeira solicitação dos agentes são os documentos de porte obrigatório:

Ambos já podem ser baixados pelo smartphone em seu formato digital e, assim, apresentados durante a blitz de trânsito, o que dispensa a apresentação dos documentos em papel.

Durante o procedimento, os agentes podem conferir o documento do carro e perceber que o licenciamento anual não foi realizado. Também pode detectar irregularidades que possam provocar acidentes, prejudicar o rolamento da via de alguma forma e verificar atos em desconformidade com as normas de trânsito.

Por exemplo, pneus, luzes e limpadores são alguns dos aspectos que vão ser verificados durante a abordagem. Caso encontrada alguma irregularidade, o condutor será penalizado por meio de multa, perda de pontos na CNH, apreensão do veículo, entre outras sanções.

4. O que o policial não pode fazer?

A abordagem durante a blitz policial não pode ultrapassar os limites da legalidade e bom senso. Ou seja, a vida privada, intimidade, honra e imagem dos indivíduos não devem ser violadas. Entre os atos que não devem ser praticados pelo agente, estão:

  • prender sem as formalidades legais ou com abuso de poder;
  • atuar de forma lesiva à honra ou patrimônio da pessoa, sem competência legal ou com desvio de poder;
  • atentar à incolumidade física;
  • submeter o motorista a vexame ou constrangimento não autorizado na legislação.

5. Como se comportar na blitz policial?

Para evitar problemas é importante entender como se comportar durante a abordagem. Antes de tudo, conheça quais são os seus direitos e deveres previstos na lei. Isso vai fazer com que saiba até que ponto o agente pode agir e quais atos são considerados abusivos.

Mas você pode apostar em estratégias eficazes durante a blitz que vão ajudar a manter a tranquilidade e não deixar margem para que o policial tenha desconfiança da sua intenção. Veja quais são!

Reduza a velocidade

Ao se deparar com uma blitz, reduza a velocidade. Tentar alterar a direção, desviar ou elevar a velocidade vai chamar mais atenção dos agentes de trânsito, além de ser considerado um ato infracional, que pode ocasionar na aplicação de multas e demais sanções.

Obedeça à ordem de parada

Caso seja solicitada a sua parada, obedeça. Mesmo que você tenha em mente que será autuado por alguma irregularidade, é melhor ficar tranquilo e responder às ordens dos policiais.

Nunca fuja

Desobedecer à ordem policial é um crime previsto no artigo 330 do Código Penal, com penalidade que prevê a aplicação de multa e até detenção. Sendo assim, caso você não obedeça ao comando do agente, como realizar o teste do bafômetro, corre o risco de ser multado e responder a um processo de suspensão do seu direito de conduzir veículos.

Não realize movimentos bruscos

No momento do policial se aproximar do seu carro, nada de realizar movimentos bruscos. Então, mantenha as mãos em um local visível e fale a cada movimento que for realizar. Essa medida vai evitar a ocorrência de determinados mal-entendidos no decorrer da abordagem.

Evite discutir

Não altere a voz e trate o agente com respeito. Tenha em mente que você pode ser acusado de desacato caso o policial responsável pela abordagem se sinta ofendido ou desrespeitado.

Mostre todos os documentos solicitados

Confira sempre antes de sair de casa se está com os documentos obrigatórios para dirigir em mãos, como a CNH e o CRLV. Afinal, são os primeiros a serem solicitados durante uma blitz de trânsito. Assim, essa é uma das principais formas de evitar transtornos e contribuir para uma abordagem tranquila.

Agora você já sabe o que é uma blitz policial, como é feita e de que forma é possível contribuir para que esse processo seja realizado sem contratempos. Então, o ideal é estar por dentro de todas as regularidades previstas na lei de trânsito, andar com os documentos de porte obrigatório, manter as manutenções em dia, além de contar com a tecnologia.

Por exemplo, por meio do App Gringo é possível acompanhar todas as informações a respeito do licenciamento, CRLV do seu veículo, pontuação na CNH, multas e muito mais.

Quer conhecer melhor as funcionalidades do App Gringo? Então, aproveite para baixar agora mesmo de forma gratuita!

 

Fórum de discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine para receber conteúdo exclusivo